Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Endocrinologia

Escolar de 10 anos, diabético tipo 1, insulinodependente , é levado ao ambulatório devido dificuldade controle glicêmico pela manhã ao acordar. Segundo sua mãe a criança acorda no início da madrugada com cefaleia e sudorese fria, mas pela manha a glicemia capilar encontra-se sempre elevada e a glicosúria é positiva. Em uso de insulina intermediária e rápida (3U/kg/dia) em esquema de 12/12h. Qual a provável causa da instabilidade glicêmica desta criança?

A
Infecção recorrente;
B
Hipersensibilidade a insulina;
C
Período de lua de mel;
D
dose baixa de insulina;
E
Fenômeno de Somogyi.
Um homem de 45 anos desenvolve diarreia e febre uma semana após tratamento de infecção de ouvido com ampicilina. Qual a conduta adequada, visto que a retossigmoidoscopia revelou uma retite pseudomembranosa?
Escolar, 7 anos, foi internado por pneumonia extensa em uso de penicilina cristalina 100.000 U/Kg/dia via intravenosa há 2 dias. Mantém febre alta. Apresentou piora do desconforto respiratório há um dia. Radiografia de admissão com grande velamento acometendo metade inferior do hemitórax direito. Radiografia de hoje com velamento total do mesmo hemitórax. A conduta adequada é:
Criança com 2 anos e diagnóstico de meningite bacteriana. Foi iniciado antibioticoterapia empírica, baseada na faixa etária da criança até o isolamento do agente. Eutrófico, estado imunitário desconhecido. Dentre os antibióticos abaixo, qual seria a primeira escolha?
Paciente submetida à colecistectomia videolaparoscópica, na qual houve perfuração acidental da vesícula e extravasamento de bile na cavidade. A cavidade foi lavada com soro fisiológico. No pós-operatório, queixa-se de dor de forte intensidade no ombro direito. A causa mais provável da dor é:
Compartilhar