Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Doenças Respiratórias

Escolar de 12 anos inicia com quadro de mal-estar, tosse seca, dor de garganta, cefaleia e febre. Duas semanas após, procura o médico por agravamento da tosse que é persistente, muito intensa, em paroxismos, com escarro mucoide. Ao exame físico, auscultam-se alguns roncos nas bases. O exame radiológico de tórax mostra broncopneumonia intersticial. O agente mais provável para esse quadro é:

A
Staphylococcus aureus.
B
Haemophilus influenzae.
C
Mycoplasma pneumoniae.
D
Pseudomonas aeruginosa.
E
Streptococcus pneumoniae.
Paciente de 63 anos, tabagista, com hipertensão não controlada e histórico familiar de aneurisma, foi diagnosticada com aneurisma da aorta abdominal infrarrenal de 7,3 cm de diâmetro. Os exames de avaliação pré-operatória mostraram doença pulmonar obstrutiva crônica moderada e fração de ejeção de 53%: ecocardiograma de estresse com dipiridamol não revelou alterações significativas; e a avaliação da função renal indicou taxa de filtração glomerular de 70 ml/min/1,73 m². Em relação ao tratamento de aneurisma, assinale a assertiva CORRETA.
São cardiopatias congênitas que cursam com hipofluxo pulmonar, EXCETO:
G2P0A1, 10 semanas, dá início ao pré-natal preocupada por ter perdido seu cartão de vacinas. Em relação à vacinação da gestante, qual alternativa está INCORRETA?
O teste do coraçãozinho é obrigatório em todos os pacientes do SUS, tendo grande importância na triagem neonatal de cardiopatias congênitas críticas dependente de canal arterial. É CORRETO afirmar:
Compartilhar