Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Escolar de 8 anos, apresentando quadro sugestivo de GNDA pós estreptocócica, na quarta semana de doença ainda mantém hipertensão arterial e hematúria macroscópica. Exames complementares: Proteinúria 70 mg/Kg/dia; ureia 90 mg/dl; creatinina 3,7 mg/dl; ultrassonografia de vias urinária, rins aumentados de volume, sem perda da relação corticomedular. Neste caso indica-se:

A
Restrição hídrica rigorosa e dieta hipoproteica;
B
Plasmaférese e pulsoterapia ciclofosfamida;
C
Biópsia renal e pulsoterapia com metilprednisolona;
D
Diuréticos de alça e inibidores da enzima conversora;
E
Corticoide e ciclofosfamida por via oral;
Paciente do sexo feminino, de 28 anos, previamente hígida, apresenta-se com quadro de dor ocular de início há seis horas no olho direito, de caráter progressivo, com escotoma e dor à movimentação lateralizada do olhar. No exame ocular, movimentos dos olhos normais, acuidade visual 20/20 bilateralmente, reflexos pupilares com reação fotomotora diminuída do olho direito. RM demonstrou duas lesões periventriculares na substância branca, sem realce de gadolínio. Considerando os achados de ressonância de crânio, o diagnóstico etiológico é:
Litíase renal é uma doença frequentemente diagnosticada em Unidades de Pronto Atendimento, com recorrência de aproximadamente 50% dos pacientes se não forem submetidos a nenhum tipo de tratamento. A dor associada a cálculo ureteral é resultado de: ( Glenn S. Gerber and Charles B. Brendler. Evaluation of urologic patient: History, Physical Examination and Urinalysis. Campbell Walsh Elsevier 2012. )
A cirurgia descrita por Sistrunk, em 1928, é realizada para o tratamento de:
Mulher 53 anos, branca, em consulta com proctologista, refere ser portadora de nefrolitíase e que em exame tomográfico recente foram constatados divertículos cólicos. Nega alterações intestinais e dor abdominal. Nega história familiar para câncer colorretal (CCR). Diante desse caso, assinale a alternativa correta:
Compartilhar