Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Estima-se que pelo menos 65% dos idosos brasileiros sejam hipertensos. Considerando o tratamento clínico e/ou farmacológico do idoso hipertenso, é correto afirmar que:

A
o tratamento da hipertensão no idoso não repercute no déficit cognitivo
B
idosos com mais de 80 anos, com ou sem comorbidades cardiovasculares, devem ser tratados.
C
os antagonistas do cálcio e os diuréticos tiazídicos têm indicação favorável em idosos com idade maior que 65 anos
D
objetivo do tratamento é a redução gradual da pressão arterial até 140/90mmhg.
E
o tratamento farmacológico do idoso deve ser sempre com associação de fármacos devido à dificuldade de normalização pressórica.
Considerando pacientes vítimas de queimaduras, pode-se afirmar que:
Mulher, 35 anos de idade, com nódulo de tireoide à direita foi submetida à punção aspirativa por agulha fina que revelou lesão com padrão folicular. Fez-se a hemitireoidectomia à direita. O exame anatomopatológico da peça cirúrgica revelou tratar-se de carcinoma folicular. Nessa situação, a paciente:
Em relação aos cuidados pós-operatórios de um paciente submetido à Revascularização do Miocárdio: 1 - as causas mais comuns de baixo débito cardíaco são isquemia miocárdica, hipovolemia, alterações do ritmo e frequência cardíaca, disfunção miocárdica e tamponamento cardíaco. 2 - Uma diminuição da contração atrial de até 25% não influencia no débito cardíaco. 3 - O balão de contrapulsação aórtica está indicado quando os pacientes demonstram uma profunda disfunção miocárdica e que não respondem ao tratamento com drogas vasoativas. 4 - Quando existe tamponamento cardíaco a radiografia demonstra alargamento importante do mediastino associado aos sinais de baixo débito cardíaco. Assinale a resposta correta.
Ligamento formado pelo periósteo e pela fáscia ao longo do ramo superior do púbis. Essa estrutura é posterior ao trato iliopúbico e forma a borda posterior do canal femoral com importância anatomocirúrgica:
Compartilhar