Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Fator(es) não associados(s) com ITU aguda não complicada:

A
Hipoestrogenismo
B
Diafragma e espermaticidas
C
Gravidez
D
Tipo de roupa íntima
E
Frequência coital
O diagnóstico de convulsão febril na infância é eminentemente clínico e, para tanto, alguns critérios devem ser considerados. Dos critérios abaixo, qual tem relação com convulsão febril?
Analise os itens abaixo sobre as doenças por deposição de cristais: I - A gota decorre de um estado de aumento nos níveis de ácido úrico que acarreta a formação de cristais de monourato de sódio em diversos tecidos, destacando-se, pela frequência, as articulações, as estruturas periarticulares, os rins e o subcutâneo. II - Na gota, na análise do líquido sinovial, encontramos: presença de cristais de monourato de sódio, extra e intracelular. Esses cristais são finos e têm pontas afiladas com birrefringência negativa à luz polarizada. Também detectamos presença de polimorfonucleares em grande quantidade na fase aguda. III - A gota caracteriza-se por elevação persistente do nível sérico do ácido úrico. Portanto, no tratamento da crise articular (crise de gota) o tratamento da hiperuricemia deve ser imediatamente iniciado para reduzir os níveis de ácido úrico e melhorar o processo inflamatório. Está CORRETO o que se afirma em:
Paciente com três anos de idade, do sexo masculino, com febre alta há 5 dias e irritabilidade importante. Está usando apenas dipirona VO. Ao exame físico detecta-se: exantema polimorfo mais intenso em tronco sem lesões em alvo, eritema de palmas e plantas, hiperemia conjuntival bilateral, adenomegalia cervical anterior e posterior dolorosa, língua em framboesa, com lábios rachados e sem alterações em amígdalas palatinas. A principal hipótese diagnóstica é:
Com relação à punção percutânea de veia subclávia para colocação de um cateter, assinale a afirmativa INCORRETA.
Compartilhar