Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Infectologia

Febre hemorrágica viral refere-se a um grupo de doenças causadas por distintas famílias de vírus. O termo em geral é utilizado para descrever uma síndrome multissistêmica grave, que se caracteriza por um dano vascular generalizado e apresenta uma evolução clínica variável, desde formas clínicas leves até formas graves, com alta mortalidade. A respeito do assunto, considere as seguintes afirmativas: 1. Vírus associados a febre hemorrágica são zoonóticos, ou seja, residem naturalmente em hospedeiro reservatório animal ou vetor artrópode, sendo viroses geograficamente restritas a áreas onde os seus hospedeiros vivem. 2. As febres hemorrágicas virais são causadas por quatro distintas famílias de vírus (arenaviridae, filoviridae, buniaviriridae e flaviviridae), que se caracterizam por serem vírus DNA e terem como reservatório natural o homem. 3. A maioria dos casos de febre hemorrágica viral relatados em todo o mundo é causada pelo vírus da dengue, sendo que a dengue hemorrágica representa a manifestação clínica mais grave dessa doença, caracterizando-se por extravasamento plasmático, trombocitopenia e diátase hemorrágica, a qual ocorre em uma pequena proporção de casos. 4. O espectro clínico da infecção por vírus da febre amarela varia de quadros assintomáticos, que ocorrem na metade dos infectados, a formas leves ou moderadas, com doença febril não específica em 30% dos casos, até as formas ictéricas graves, em cerca de 20% das infecções. O tratamento precoce com antivirais permite a resolução clínica da maioria dos casos. Assinale a alternativa correta.

A
Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
B
Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
C
Somente a afirmativa 1 é verdadeira.
D
Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.
E
Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
Pode-se falar sobre enxertos:
Menina, 24 meses, peso 9,8 kg, estatura 82 cm e PC 48 cm, sofre queda de escada de 2 m. Está consciente e chorosa, com escoriações no crânio, no tórax e em MsIs. Tem respiração espontânea, ruidosa, com tiragem de fúrcula e subcostal. FC 150 bpm, pulsos débeis e PA 50/30 mmHg. Em relação a este caso de trauma, são apresentadas as seguintes assertivas: I. Hipotensão, instabilidade da via aérea e peso inferior a 10 kg são marcadores de mau prognóstico deste caso. II. O PC proporcionalmente maior nesta idade e a maior força da musculatura cervical são fatores de proteção ao trauma craniano. III. A possível contusão pulmonar ocorrida neste caso é a causa mais comum de insuficiência respiratória no trauma pediátrico. Qual é a alternativa correta?
Analise o quadro de paciente feminina, 37 anos, obesa, fumante e usuária de anticoncepcional oral. Em diversas medições pressóricas, apresentou níveis elevados, com pressão arterial sistólica entre 160 e 180 mmHg e pressão arterial diastólica entre 110 e 120 mmHg. Efetuado MAPA de 24 horas, foi confirmada hipertensão. Ao exame físico, observa-se giba e estrias violáceas em abdome. Marque a alternativa INCORRETA relativamente ao quadro desta paciente.
Analise as seguintes afirmações sobre as alterações fisiológicas da gestação: I -ocorre dilatação ureteral. II - o volume urinário diário não está aumentado. III - o aumento da frequência urinária decorre da compressão exercida pelo útero gravídico na bexiga. Assinale a alternativa correta.
Compartilhar