Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Forma clínica da hanseníase, dita forma instável da doença, que se situa entre os tipos tuberculoide e virchowiano, e sendo instáveis quanto à sua resistência, alguns desses doentes somente irão definir sua forma clínica ao longo do tempo:

A
Dimorfa.
B
Virchowiana.
C
Indeterminada.
D
Tuberculoide.
As manifestações inflamatórias da artrite reumatóide costumam poupar, caracteristicamente:
Paciente feminino, 49 anos, emagrecimento de 8 kg nas últimas 4 semanas, insônia, tremores e labilidade emocional. Peso atual = 72 kg. Tireóide de tamanho normal, sem nódulos, móvel e de consistência fibroelástica. Exames laboratoriais: TSH 0,001 (referência: 0,4-4,0mUI/mL) e T4L 1,60 (referência: 0,8-1,9ng/dL). Anticorpo anti-tireoglobulina positivo. Captação tiroidiana nas 24h (I131): 20%. A PRINCIPAL HIPÓTESE diagnóstica é: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição
Ao ser chamado para assistência ao recém-nascido em sala de parto, você é informado de que a gestação é a termo, a mãe tem pré-natal completo e sem intercorrências, o trabalho de parto durou cerca de cinco horas, as membranas foram rompidas no ato e o líquido amniótico é claro e com grumos. No momento do nascimento, o período expulsivo foi prolongado e o bebê nasce em apnéia. A conduta inicial MAIS APROPRIADA será: Referência: SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA - Curso de reanimação Neonatal.
Recém-nascido a termo, idade gestacional 38 ½ semanas, nascido de parto natural com peso = 3460g, Apgar 8/9, evoluiu com máculas eritematosas em todo tegumento e pústulas em face, tronco e abdome. O diagnóstico MAIS PROVÁVEL é:
Compartilhar