Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Frente a um paciente com suspeita clínica de trombose venosa profunda no segmento femoral qual seria a melhor conduta?

A
anti-inflamatórios e repouso com os membros elevados
B
introduzir heparina sistêmica e confirmar o diagnóstico com ultrassonografia duplex
C
confirmar o diagnóstico com ultrassonografia duplex na manhã seguinte e então decidir sobre a melhor conduta
D
proclive, enfaixamento do membro com algodão e vasodilatadores sistêmicos
E
introduzir imediatamente antibioticoterapia de largo espectro e confirmar o diagnóstico com hemograma e hemoculturas
Lactente, 8 meses, não ganha peso adequadamente. A alimentação é inadequada com pobre aceitação. Apresenta períodos de febre sem foco infeccioso aparente. Excretas normais, aparentado dor. Ao exame, mostra-se irritado, chora ao manuseio, apático. Hemograma: Hb = 10, Ht = 30, Leucócitos = 15000, sem desvios. Plaquetas normais. EQU com 20 leucócitos por campo, nitrito positivo, 10 hemácias. Urocultura com crescimento de E. coli > 100.000 UFC. Com o diagnóstico de infecção urinária, qual conduta a seguir?
Paciente que apresenta ruptura de aneurisma de aorta abdominal tem a seguinte triade clínica clássica:
A niacina (ácido nicotínico) tem sido utilizada durante décadas para o tratamento das dislipidemias. Sobre ela, é CORRETO afirmar:
Criança de 4 anos é trazida para atendimento por ser contato de adulto tuberculoso. Seu avô de 65 anos, que reside no mesmo domicílio que o menor está com tuberculose pulmonar bacilífera, em tratamento com esquema I do Ministério da Saúde há dois meses. A criança apresenta-se assintomática, com raio X de tórax normal e Prova Tuberculínica (PPD) de 13 mm. Qual a conduta mais adequada a ser tomada com essa criança?
Compartilhar