Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Doenças Respiratórias

Frente a um recém nascido pré-termo tardio (idade gestacional de 361/7 semanas), com peso ao nascer de 2.700 gramas, de parto cesárea, sem sofrimento antenatal, sem trabalho de parto prévio e que desenvolve desconforto respiratório logo após o nascimento, caracterizado por taquipneia, tiragem intercostal e diafragmática, qual é o diagnóstico mais provável?

A
Doença de membranas hialinas.
B
Taquipneia transitória do recém nascido.
C
Síndrome de aspiração meconial.
D
Pneumonia.
E
Imaturidade pulmonar.
Qual o achado tomográfico que impede a ressecção do câncer de pâncreas?
Paciente do sexo feminino, 33 anos, branca, refere quadro de sonolência, desânimo, ganho de peso, edema de membros inferiores, esquecimento e queda de cabelo há 6 meses. Nega antecedentes patológicos. Refere história familiar de tireoideopatia (não sabendo referir qual tipo). Ao exame físico: bom estado geral, palpação tireoideana: nódulo único, móvel, indolor de ± 1cm, PA: 130x95mmHg, FC: 56bpm, restante do exame físico sem alterações. Exames laboratoriais: TSH: 54 (0,35-4,5), T4 livre: 0,5 (0,7 – 1,8), Anti-TPO: +, hemograma, glicemia, eletrólitos e função renal dentro da normalidade. Ultrassonografia: nódulo hipoecogênico, irregular sem calcificações, vascularização central e periférica. Assinale a alternativa incorreta:
Qual achado clínico mais comum em relação a Síndrome da cauda equina?
Criança, 3 anos, foi acordada por dor intensa em hipogástrio e fossa ilíaca direita, de início súbito, irradiada para região escrotal homolateral há 1 hora. Não há relato de hipertermia ou trauma local. Está irritada, chorando, dificulta o exame, mas não há alterações apreciáveis no abdome ou no aparelho respiratório; genitália dolorosa e testículo direito muito sensível à palpação. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar