Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Geraldo, 68 anos de idade, vítima de atropelamento, dá entrada em choque hipovolêmico grave que não responde a infusão de 4000ml de Ringer Lactato. É iniciada a infusão de concentrado de hemácias e levado a laparotomia exploradora. Durante a cirurgia são infundidas mais de 8 bolsas de concentrado de hemácias e o paciente continua sangrando com grande laceração hepática. O cirurgião decide então a aplicar o controle do dano. Em relação à cirurgia de controle de dano pós-traumatismo, assinale a afirmativa CORRETA:

A
A hipotermia não é levada em consideração nesse caso.
B
Sua utilização deve ocorrer apenas depois de esgotados os meios disponíveis de tratamento cirúrgico do trauma.
C
Este procedimento deve ser considerado antes que o choque hemorrágico e as alterações metabólicas se instalem de maneira progressiva.
D
Este procedimento deve ser considerado exclusivamente nos casos de síndrome de compartimento abdominal.
De acordo com a anatomia zonal da próstata, de McNeal, qual é o sítio mais comum de adenocarcinoma de próstata?
Paciente masculino com 9 anos de idade e dor abdominal há 3 dias em flanco direito e irradiando-se para fossa ilíaca direita há 24 horas, dor em cólica com períodos de melhora , afebril, com vômitos e alguns episódios de dor. Exame físico abdome: rha+; indolor; Blumberg negativo; punho percussão lombar normal. Pediatra assistente solicita Ultrassom (US) abdominal, hemograma e Exame Qualitativo de Urina (EQU). US e hemograma normais; EQU: nitrito negativo; hemoglobina ++ ; hemácias 30 por campo; leucócitos 3 por campo; flora bacteriana discreta. Qual a conduta necessária para elucidação do caso acima?
Excluindo as cardiopatias congênitas, a malformação mais comum relacionada à pacientes com Síndrome de Down é:
A hérnia inguinal cujo conteúdo do saco herniário é composto por um divertículo de Meckel é conhecida por hérnia de
Compartilhar