Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Gestante de 26 anos, tabagista, primigesta, com idade gestacional de 35 semanas e 5 dias, baseada no dia da última menstruação e ultrassonografia do 1º trimestre, procurou pronto-atendimento por diminuição da movimentação fetal nos últimos dias. A altura uterina era de 29 centímetros, a frequência cardíaca fetal de 144, a pressão arterial aferida de 100x70 mmHg, e ao toque vaginal o colo uterino estava impérvio. A ultrassonografia revelou oligoidrâmnio, de acordo com ILA (índice do líquido amniótico). O valor do ILA compatível com oligoidrâmnio seria:

A
10 a 16.
B
6 a 9.
C
0 a 5.
D
5,1 a 8.
E
8,1 a 18.
A principal causa de morte nas duas primeiras semanas que se seguem às operações bariátricas é:
Paciente comparece ao ambulatório de Ginecologia apresentando sintomas compatíveis com climatério, mais ainda não apresenta critérios absolutos para este diagnóstico. Caso o médico julgue necessário, para fazer o diagnóstico laboratorial da falência ovariana, deve ser solicitado primariamente a dosagem sérica de:
Em relação às infecções congênitas neonatais, analise as afirmativas abaixo assinalando a alternativa CORRETA:
Um paciente queimou toda superfície anterior do tórax, toda face anterior do membro superior direito.Utilizando a “regra dos noves” qual a superfície corporal queimada?
Compartilhar