Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Gestante de 35 semanas de idade gestacional, hipertensa, em uso de metildopa 250 mg de 8 em 8 horas e propanolol 40 mg ao dia. Realiza ultrassonografia, que apresenta os seguintes resultados: feto único, em situação longitudinal, apresentação cefálica. Batimentos cardiofetais com frequência de 150 bpm. Líquido amniótico: ILA = 10 cm. Placenta tópica, grau II (granum). Dopplerfluxometria apresentando diástole zero da artéria umbilical, idade gestacional ultrassonográfica de 35 semanas. Qual é a melhor conduta?

A
Deixar a gestação evoluir normalmente.
B
Interrupção da gestação.
C
Aumentar a dose da terapia hipotensora.
D
Corticoterapia.
Com relação aos divertículos epifrênicos, é correto afirmar, EXCETO:
Um paciente de 45 anos, portador de cirrose hepática compensada ( Child A), foi atendido em um serviço de emergência com hemorragia aguda por varizes de esôfago. Após estabilização hemodinâmica, a próxima conduta é:
Em relação à DRGE é CORRETO afirmar:
Hiroito, 3 anos, compareceu ao consultório de sua pediatra com quadro de febre há mais de cinco (05) dias, a qual não respondeu ao uso de antibióticos, lesões orolabiais, hiperemia conjuntival, não exsudativa, exantema eritematomaculopapular, além de trombocitose. O garoto evoluiu com aneurisma coronariano. Qual a hipótese diagnóstica MAIS PROVÁVEL?
Compartilhar