Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Gestante em período expulsivo, com feto macrossômico, uma vez liberado o polo cefálico, apresenta encravamento da cintura escapular (distócia de ombro) com consequente dificuldade para extração fetal. Considerando esse contexto, qual é a primeira manobra a ser realizada para resolução da distócia?

A
Manobra de McRoberts.
B
Manobra de Mauriceau.
C
Manobra de Zavanelli.
D
Sinfisiotomia.
E
Manobra de Champetier de Ribes.
Mulher, 23 anos, vem pela manhã à Unidade de Saúde da Família para realizar o exame citopatológico de colo uterino. O médico observa que na sala de espera a paciente apresenta risos imotivados, tosse, letargia, conversa com todos os presentes, com fala lentificada, está comendo a segunda barra de chocolate. Durante a consulta, constata hiperemia conjuntival, taquicardia, xerostomia, midríase, temperatura de 35,4°C. Registros de prontuário anterior apontam um irmão esquizofrênico. Mantida para observação, apresentou franca normalização dos sinais vitais e comportamentais, bem como recuperação da crítica. Considerando síndromes correlatas ao uso de drogas como hipótese diagnóstica, o diagnóstico e conduta são:
Paciente, 13 anos de idade, vem à emergência com quadro de sonolência, evoluindo a torpor, acompanhado de hipotensão, hiporreflexia, cianose labial e depressão respiratória. Sem qualquer passado de doenças. Existe informação de conflito familiar. A principal suspeita desse quadro é uma síndrome tóxica. A síndrome tóxica que se enquadra nos sintomas apresentados e as drogas relacionadas são, respectivamente:
Paciente mergulhou em águas rasas há 2 horas. Chega à emergência consciente e orientado. Radiograma cervical em perfil mostra luxação total de C6 sobre C7. Assinale a alternativa que corresponde ao seu exame físico:
Um senhor de 72 anos, usa regularmente várias medicações diariamente. As drogas são usadas para tratar dores articulares, hipertensão arterial, diabete mellitus, constipação intestinal e insônia. Nos últimos dias, o paciente aumentou por conta própria o benzodiazepínico usado para a insônia. Há quatro dias, os familiares notaram que ele mudou bruscamente o seu comportamento, tendo atitudes não usuais, como manifestar agressividade, alternadas com período de apatia, despindo-se na frente dos familiares, falando palavrões de baixo calão e recusando alimentação. Os familiares resolveram suspender a medicação e levaram o paciente ao seu médico de família. Na consulta, o paciente já estava bem melhor, praticamente voltando ao seu comportamento usual. Diante deste quadro, qual o diagnóstico inicial mais provável?
Compartilhar