Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Pediatria

Endocrinologia

Infectologia

Obstetrícia

Gestante (G2P1A0), HIV positiva em uso de AZT 600 mg ao dia, chega à maternidade referindo dor no baixo ventre. Tem idade gestacional de 39 semanas, avaliada por ultrassonografia realizada com 12 semanas de gestação. Traz exame de carga viral de 1.200 cópias/ml, efetuado com 29 semanas. Ao exame, apresenta dinâmica de uma contração fraca em 15 min, batimentos cardiofetais de 148 bpm, colo com 1,5 cm, longo, grosso e posterior. A bolsa está íntegra e a apresentação é cefálica no plano -1 de De Lee. Qual a conduta mais adequada?

A
Administrar AZT por via intravenosa e indicar cesariana 3 horas após.
B
Administrar AZT por via intravenosa e indicar cesariana 1 hora após.
C
Internar a paciente e aguardar evolução para parto vaginal, com administração de ocitocina sem efetuar amniotomia.
D
Internar a paciente e aguardar evolução para parto vaginal, sem administrar ocitocina nem efetuar amniotomia.
E
Recomendar que a paciente retorne quando estiver em trabalho de parto, ou apresentar bolsa rota.
Durante jogo de futebol, rapaz de 22 anos de idade sofre traumatismo com inversão de tornozelo esquerdo e é levado ao pronto-socorro. Quatro horas após o trauma, apresenta claudicação antálgica, edema moderado do tornozelo e dor à palpação na região distal ao maléolo lateral de moderada intensidade. Refere-se dor tolerável ao apoiar o pé no chão e ao fazer a dorsoflexão e flexão plantar forçada do tornozelo. A conduta é:
O resfriado comum é uma doença viral em que os sintomas de rinorreia e obstrução nasal são proeminentes. Na orientação terapêutica desta situação são considerados tratamentos INEFICAZES, EXCETO:
No que se refere à importância do aleitamento materno para a saúde do recém-nascido, identifique a alternativa correta.
Qual das condições abaixo é a causa mais frequente de febre no pós-operatório.
Compartilhar