Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Dermatologia

Gestante no 3º trimestre procura atendimento devido a surgimento de prurido intenso, principalmente no abdome e nádegas atrapalhando as atividades diárias. O exame físico mostra apenas lesões difusas causadas pelo ato de coçar. O diagnóstico mais provável é:

A
Colestase recorrente da gestação
B
Prurigo gravídico
C
Foliculite pruriginosa da gravidez
D
Penfigoide gestacional
E
Dermatite papulosa na gravidez
Um dos problemas mais sérios encontrados em até 35% dos indivíduos em espinha bífida e outros distúrbios urológicos que necessitam de cateterismo vesical intermitente e de procedimentos de reconstrução do trato urinário é a alergia ao:
Em relação à doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG):
Em relação ao câncer de mama:
MCR, freira de 72 anos, branca, asmática com história de uso crônico e intermitente de corticoides, hipertensa em uso de enalapril e hidroclortiazida, com Índice de Massa Corporal (IMC) de 19 Kg/m², sedentária, nuligesta, menopausa aos 46 anos e que nunca fez terapia de Reposição Hormonal. Além de um programa de exercícios físicos, suporte nutricional e suplementação de cálcio e vitamina D e levando-se em conta a melhor relação custo-benefício, o que mais poderia ser prescrito para a freira MCR?
Compartilhar