Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pediatria Geral

Há 2 meses, um casal perdeu um filho de 1 ano e meio vítima de meningite meningocóccica fulminante.Outro filho, de 4 anos, desenvolveu meningite 5 dias depois. Está vivo, mas apresenta sequelas. O médico está sendo processado por negligência, pois os pais não receberam orientações acerca da profilaxia de contactantes, que deveria ter sido recomendada por 2 dias, com:

A
cefalosporina de terceira geração, para os contactantes domiciliares com menos de 12 anos.
B
rifampicina, para todos os contactantes domiciliares.
C
amoxacilina, para contactantes domiciliares com menos de 12 anos.
D
rifampicina, para contactantes domiciliares com menos de 12 anos.
E
amoxacilina, para todos os contactantes.
Paulinho, 15 meses, portador da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, apresentou, há uma semana, pneumonia por Pneumocystis e candidíase de esôfago. Na ocasião, sua contagem de LT-CD4 era de 200 células por mm3 (milímetros cúbicos). Se Paulinho fosse realizar as próximas vacinas em um curto período de tempo, provavelmente sua pediatra indicaria:
Lucília sofreu fratura de membros inferiores (fêmur e tíbia) após acidente automobilístico, sem sinais de trauma em tórax ou abdome. Estava em observação na emergência, evoluindo bem. Após 24h do acidente, apresentou dificuldade respiratória progressiva, cianose, torpor, anemia, febre e aparecimento de petéquias no corpo. A radiografia de tórax demonstrou infiltrado hilar e basal, difuso e bilateral. O diagnóstico de Lucília, neste momento, é de:
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imaginava. Estudos recentes mostram que 10% a 25% das pessoas que procuram os clínicos gerais apresentam sintomas dessa enfermidade. No entanto, seu diagnóstico continua sendo equivocado, sub ou superestimado. Considerando o impacto social e econômico da depressão subdiagnosticada, os profissionais de saúde devem estar atentos às histórias de seus pacientes buscando identificar fatores de risco para o desenvolvimento dos quadros depressivos. Dos fatores abaixo listados, aqueles que podem ser considerados de risco para o quadro depressivo são:
Paciente com osteoma de mandíbula e enteorragia com colonoscopia evidenciando polipose colônica. Marque a alternativa que corresponde ao provável diagnóstico:
Compartilhar