Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

HBS, 53 anos, masculino, branco, tabagista de 30 cigarros/dia, etilista moderado, asmático, hipertenso há mais de 10 anos. Ao ser avaliado, foi classificado como essencial. Apresenta também níveis tensionais de 160/100 mmHg, ECG com sinais de hipertrofia ventricular esquerda e BAV de 1ºgrau. O ecocardiograma mostrou hipertrofia ventricular esquerda e “déficit” de relaxamento diastólico. Dentre as opções farmacológicas abaixo citadas, a escolha correta seria:

A
Enalapril
B
Reserpin
C
Verapamil
D
Hidralazina
E
Propranolol
Criança de 7 anos, com desenvolvimento neuropsicomotor normal, foi trazida à consulta por vir apresentando vários episódios de perda abrupta da consciência durante o dia. A mãe relatou que a criança ficava parada, com olhos abertos por um breve momento, e melhorava logo a seguir. O eletroencefalograma mostrou descargas generalizadas do tipo ponta-onda na frequência de 3 Hz. Esses episódios acabaram por interferir no aprendizado. Não havia outros sintomas. O diagnóstico de epilepsia foi confirmado. Que fármaco, dentre os abaixo, é o mais indicado para o tratamento desse tipo de crise?
Homem de 20 de idade, há uma semana com febre, mal-estar, fadiga e dor de garganta. Ao exame, a faringe estava hiperemiada sem exsudato. Adenopatia cervical posterior. Hepatimetria de 12 cm e esplenomegalia. Exames complementares: leucócitos 12.000, linfocitose e linfócitos atípicos, bilirrubina total de 2 mg/dl, AST e ALT de 70 UI/I. Anticorpo heterófilo positivo. Tinha sido medicado com ampicilina e desenvolvido erupção maculo-papular pruriginosa. O diagnóstico mais provável é:
Em recém-nascidos e lactentes com leucocoria, os seguintes diagnósticos diferenciais NÃO devem ser considerados:
Tipo de carcinoma basocelular mais propenso a dar metástases linfonodais:
Compartilhar