Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Pneumologia

Heloísa, 24 anos, gesta III, para 0, aborto II (duas perdas fetais no 2º trimestre), atualmente na 34ª semana de gestação, procura a emergência com cólica, dores em membros inferiores e perda líquida há duas horas, sem sangramento. No exame obstétrico inicial, observa-se líquido amniótico claro e sem grumos saindo pela vagina. Nos membros inferiores nota-se trombose venosa profunda (TVP). No puerpério imediato, a trombose venosa profunda (TVP) de Heloísa se agrava por ter permanecido muito tempo acamada apesar das recomendações médicas para a deambulação precoce. O sinal que indica gravidade da TVP é:

A
dor do segmento acometido, do tipo compreensiva
B
edema
C
hipertermia discreta e localizada
D
palidez distal
Em uma paciente, vítima de traumatismo abdominal em choque profundo, distendido com suspeita de múltiplas lesões viscerais, uma abordagem para controle de danos NÃO inclui:
Sobre o tratamento das Parasitoses Intestinais, é incorreto afirmar:
Com relação ao abdome Agudo por oclusão vascular intestinal, assinale a alternativa correta:
Um homem, 16 anos, sofre acidente automobilístico com trauma contuso torácico e abdominal. No local do acidente a PA sistólica é de 80 e a frequência cardíaca (FC) de 120. Evolui com queda da PA sistólica para 60 e aumenta FC para 140. Apresenta distensão de veias cervicais e murmúrio vesicular bilateral. O melhor manejo para a condição acima é:
Compartilhar