Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

Nefrologia

Hipertensão arterial sistêmica é a principal causa de morte no mundo. Acerca dessa afecção, assinale a alternativa incorreta.

A
É fator de risco para acidente vascular cerebral, infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca congestiva e dissecção da aorta.
B
Em sociedades menos industrializadas, nas quais o consumo de calorias e de sal é baixo, a pressão arterial dos indivíduos não aumenta com o avançar da idade.
C
Os níveis de pressão sistólica e diastólica de 120-139 e 80-89 mmHg, respectivamente, são considerados pré-hipertensão.
D
Os inibidores de enzima conversora da angiotensina (ECA) e os antagonistas dos receptores ATI da angiotensina II, apresentam perfil farmacológico adequado para diabéticos hipertensos, especialmente na vigência de nefropatia diabética.
E
As anormalidades tireoidianas (hiper e hipotireoidismo) são as principais causas de hipertensão secundária.
Julgue o item seguinte, relativo às doenças de acometimento comum na população. O diagnóstico de rinite é essencialmente clínico.
A motricidade reflexa independe do controle voluntário e é produzida em resposta a estímulos específicos. Com relação ao exame dos reflexos primitivos na criança que podem ser avaliados nas consultas de puericultura, assinale a alternativa correta:
As convulsões febris constituem uma das manifestações neuropediátricas mais frequentes. Com relação à convulsão febril na infância é correto afirmar:
A oclusão arterial crônica dos membros inferiores é patologia vascular progressiva, debilitante e com incidência crescente com a idade. Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa INCORRETA: I. A principal expressão clínica é a claudicação intermitente, podendo ser associada a alteração de fâneros, atrofia muscular e diminuição da amplitude dos pulsos periféricos. II. O tabagismo acentuado é causa frequente, principalmente quando associado a diabetes e dislipidemias, sendo essencial a sua interrupção para o tratamento adequado. III. Podemos observar a associação de claudicação inicialmente em musculatura da coxa e glúteos e impotência sexual em homens. IV. A gangrena é complicação grave e pode evoluir para amputação. V. Endarterectomias, enxertos arteriais e angioplastia transluminal são opções de tratamento cirúrgico.
Compartilhar