Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Homem, 29 anos, apresentou quadro agudo de febre, nódulos, eritematosos, alguns ulcerados em membros superiores, dores articulares, adenomegalia diagnósticas generalizada, hepato-esplenomegalia e edema de mãos e pés. Quais são as suspeitas desse quadro clínico?

A
Hanseníase virshowiania e escarlatina
B
Eritema nodoso hansênico e reação medicamentosa
C
Sífilis secundária e hanseníase reacional
D
Mononucleose e vasculite infecciosa
E
farmacodermia e escarlatina
Sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais (Lei 10.216/01), analise as alternativas abaixo:
Um conjunto de alterações físicas sugere o diagnóstico de síndrome de Down em um recém-nascido. NÃO faz parte dessas alterações:
Laura, 25 anos, chegou ao Pronto-Socorro, com a seguinte queixa: "acho que vou morrer". Afirmava que, nos últimos dois meses, apresenta súbitos episódios de medo e desconforto intenso com palpitações, tremores, dificuldades para respirar, sensação de sufocação, tontura, sensação de que vai morrer ou enlouquecer. Os episódios duram cerca de 20 minutos embora a paciente julgue que durem mais. Nega uso de drogas e abuso do álcool. Os resultados de exames físicos e laboratoriais estavam normais. O diagnóstico deste caso é de:
Com mononucleose infecciosa, um adolescente de 15 anos permaneceu em repouso domiciliar e, ao final de duas semanas, estava afebril e sem erupção cutânea, mas ainda prostrado. No 16º dia de evolução, a febre recidivou, surgiu cefaleia e ele teve crises convulsivas tonico-clônicas generalizadas. Levado à UPA do bairro, lá chegou torporoso, com tetraparesia grau 3 e reflexo cutaneoplantar em extensão bilateralmente, sem sinais de irritação meníngea. A punção lombar mostrou proteínas = 62 mg/dl, leucócitos = 140 cel/µ (80% linfócitos). Uma ressonância magnética revelou acometimento bilateral de substância branca. Diante dessas evidências, deve ser imediatamente iniciado tratamento com:
Compartilhar