Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Homem, 32 anos de idade, 67 kg e 1,70 m de altura procura unidade básica de saúde com queixa de tosse e expectoração há 4 semanas. Feita investigação diagnóstica com realização de uma radiografia de tórax e 3 baciloscopias, foi confirmado o diagnóstico de tuberculose pulmonar e iniciado tratamento com rifampicina, isoniazida, pirazinamida e etambutol: 4 cps em dose única, uma hora antes do almoço. Paciente retorna após 10 dias, queixando-se de náuseas e vômitos nos dois últimos dias. Além de sintomáticos, a conduta mais adequada para este caso seria orientar o paciente a:

A
Suspender o tratamento até a melhora dos sintomas.
B
Reduzir a dose para 2 cps ao dia até melhora dos sintomas.
C
Tomar as medicações junto com uma das refeições.
D
Ingerir as medicações em jejum, pela manhã.
Paciente, com 60 anos de idade, do sexo masculino, residente da zona da mata de Pernambuco, procura serviço médico de urgência porque iniciou há 48 horas dor abdominal em cólica, agora difusa, vômitos de cor acastanhada escura e odor fétido. Relata ter “intestino preso”, há muitos anos, mas nunca se preocupou, pois sempre foi assim. Não faz uso de qualquer medicação e nunca foi submetido a procedimento cirúrgico. Não é tabagista e nem etilista. Ao exame, está desidratado, hipocorado 1+/++++, Frequência cardíaca = 110 bpm, Pressão arterial = 90/40 mmHg, sem alteração do aparelho respiratório. Apresenta abdome muito distendido, com ruídos hidroaéreos presentes, com timbre metálico, timpânico e doloroso à percussão difusa e à palpação superficial em todo o abdome. Além da correção da desidratação, a conduta sequencial para esse paciente é
A criança com crise convulsiva é sempre um evento assustador para os pais e normalmente requer atendimento hospitalar na sequência do evento. A opção que melhor representa aspectos das crises convulsivas na infância é:
Lactente de um ano de idade, sexo masculino, é atendido no pronto-socorro com história de cinco dias de febre, tosse produtiva e taquipneia. O raio X de tórax revela condensação alveolar em lobo inferior direito. A criança é tratada para pneumonia, utilizando-se antibioticoterapia adequada para as bactérias mais prováveis para a faixa etária, não se observando melhora. Troca-se o antibiótico pensando-se em resistência ou outro agente etiológico, também sem resposta. Com isso aventa-se a possibilidade do diagnóstico de tuberculose. Com relação a este caso, assinale a alternativa correta.
Em relação ao metabolismo da glicose nos recém-nascidos, é correto afirmar:
Compartilhar