Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Homem, 32 anos, em bom estado geral, apresenta obstrução da via biliar, para a qual é solicitada CPER. Quais bactérias devem ser profilaticamente cobertas e qual o antibiótico de escolha?

A
Aeróbios gram-negativos; ciprofloxacina.
B
Anaeróbios gram-positivos; clindamicina.
C
Aeróbios gram-positivos; ampicilina.
D
Microaerófilos; ampicilina+sulbactam.
E
Flora polimicrobiana; piperacilina+tazobactam.
Paciente, sexo feminino, 18 anos de idade, com história de dor epigástrica, que migrou para fossa ilíaca direita há 24 horas, associado à febre, náuseas e vômitos. Rotina laboratorial mostrava leucocitose importante com desvio à esquerda e aumento das proteínas de fase aguda. Ultrassonografia do abdome total e tomografia axial com contraste do abdome foram inconclusivas. Submetida a videolaparoscopia diagnóstica, com achado de apendicite aguda fase I, procedida a videolaparoapendicectomia. O exame anatomopatológico do apêndice revelou neoplasia neuroendócrina com 0,8 centímetros e a imuno-histoquímica mostrou tumor carcinoide. A conduta oncológica correta é:
Paciente, 6 anos de idade, apresenta menarca há 5 meses. Ao exame físico, observa-se estadiamento de Tanner: M3 e P2. Dos exames relacionados, é desnecessário, na investigação:
Primípara, amamentando recém-nascido saudável, no terceiro dia pós-parto, sente-se fadigada, sem sono, chora fácil, questionando a sua capacidade de poder nutrir o recém-nascido e medo de não ficar atrativa para o marido. Está se alimentando bem e gosta muito do bebê. Diante desse quadro, o diagnóstico provável é de:
Mulher, 34 anos de idade e companheiro de 38 anos de idade, com infertilidade conjugal há 5 anos. Propedêutica feminina normal, e espermograma em 2 amostras com oligoastenozoospermia e com 8.000.000 de espermatozoides recuperados após capacitação. O tratamento desse casal é:
Compartilhar