Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Infectologia

Cirurgia do Trauma

Homem, 50 anos, sem comorbidades, com história de febre há dois dias, calafrios, dor torácica, ventilatório dependente à direita, tontura, dispneia e fraqueza intensa. Sinais vitais: T = 39 ºC; FC = 132 bpm; FR = 30 inc/min; PA = 70/30 mmHg; Saturação de oxigênio: 78%, por oximetria de pulso, sem suplementação de oxigênio. Gasometria arterial em ar ambiente: pH = 7,20; pCO2 = 29, pO2 = 64, HCO3 = 15 RX tórax mostrou opacificação em região de lobo inferior direito. Assinale a alternativa correta para a conduta sequencial a ser adotada para o caso.

A
Suplementação de oxigênio, mantendo saturação de oxigênio acima de 90%; fornecimento de suporte ventilatório adequado, após avaliação do padrão respiratório e ressuscitação com fluidos endovenosos e antibioticoterapia.
B
Ressuscitação com fluidos endovenosos; infusão de bicarbonato de sódio; suplementação de oxigênio, mantendo saturação de oxigênio acima de 80%; fornecimento de suporte ventilatório adequado, após avaliação do padrão respiratório e antibioticoterapia.
C
Ressuscitação com fluidos endovenosos; infusão de Dobutamina; fornecimento de oxigênio para manter uma saturação de oxigênio acima de 90%, antibioticoterapia e fornecimento de suporte ventilatório adequado.
D
Suplementação de oxigênio, mantendo saturação de oxigênio acima de 90%; fornecimento de suporte ventilatório adequado, após avaliação do padrão respiratório e ressuscitação com fluidos endovenosos; infusão de bicarbonato de sódio e antibioticoterapia.
E
Antibioticoterapia; ressuscitação com fluidos endovenosos; suplementação de oxigênio, mantendo saturação de oxigênio acima de 90%; fornecimento de suporte ventilatório adequado, após avaliação do padrão respiratório.
Em relação às medidas preventivas aos acidentes ocupacionais com material perfuro-cortante e fluidos orgânicos é correto afirmar que:
Médico residente sofreu acidente punctório ao realizar gasometria em paciente internado na emergência. Havia feito 3 doses da vacina contra hepatite B há 3 anos, mas nunca fizera teste para anti-HBs. Em razão do acidente, procurou atendimento imediato no serviço de medicina Ocupacional, onde realizou os seguintes exames: anti-HBS, anti-HBC Igm, HBS-Ag, anti-HIV e anti-HCV, todos negativos. Os resultados do paciente fora do acidente foram: teste rápido anti-HIV, HBS Ag, anti-HBS Igm e anti-HCV negativos e anti-HBS superior a 100 mUI/ml. Qual a conduta mais adequada?
ABF, sexo masculino, 42 anos, comparece ao pronto-socorro com quadro de dor intensa em tornozelo direito, sente dor até ao passar o lençol com 8 horas de evolução. Informa já ter apresentado dor e edema em hálux esquerdo 2 meses antes, com melhora após uma semana, tendo usado, à época, AINEs por conta própria. Nega febre, hiporexia. História de etilismo, três a quatro garrafas de cerveja, 3 e 4 vezes por semana. Não faz acompanhamento médico regular. Ao exame: FC: 84 bpm; PA: 150 x 90 mmHg; Tax: 37,8°C; FR: 16 irpmin. Presença de edema, calor rubor em tornozelo direito. Sem outras alterações ao exame físico. Exames laboratoriais: Hb: 14,6 g%; Ht: 43%; VCM: 92; GL: 14,230 (S: 72% L: 21% Mon: 6% Eo: 1%); Plaq: 323.000; Ureia: 33 mg/dL; Creatinina: 1,1 mg/dL; Ácido úrico: 6,2 (VR: 7,0 a 9,6); PCR: 86 mg/dL; RX tornozelo D: Aumento de partes moles, sem outras alterações. Com relação ao caso anterior, é CORRETO afirmar que:
Assinale a alternativa CORRETA.
Compartilhar