Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Homem, 60 anos de idade, tabagista e cardiopata, deu entrada na UTI com diagnóstico de pielonefrite e choque séptico, necessitando de noradrenalina em altas doses e ventilação mecânica invasiva. Após 3 dias na UTI, apresentou dificuldade de desmame ventilatório e o RX de tórax mostra infiltrado pulmonar bilateral, PaO2/FIO2 "menor ou igual a" 200, pressão de oclusão da artéria pulmonar < 18 mmHg. O diagnóstico é:

A
Pneumonia bacteriana.
B
Síndrome da angústia respiratória aguda.
C
Edema agudo de pulmão.
D
Doença pulmonar obstrutiva crônica.
A revacinação para Tuberculose é recomendável a:
A abordagem inicial mais comum do paciente grande queimado deve constar dos seguintes itens, exceto:
No doente com trauma abdominal contuso, a lavagem peritoneal diagnóstica:
Lactente de 2 anos de idade, vítima de acidente automobilístico, é arremessada de carro, pois não estava em uso de cadeirinha de proteção. É trazida pelos bombeiros à sala de emergência em uso de colar cervical, onde se encontra torporosa com resposta inespecífica à dor, sem abertura ocular. Pálida, sudorética, pulsos finos, FC: 160 bpm, FR: 35 irpm; entrada de ar diminuída difusamente; abdome distendido, com tatuagem traumática. Em relação à conduta imediata neste caso é CORRETO afirmar:
Compartilhar