Questões na prática

Psiquiatria

Homem de 22 anos é trazido à emergência por uma ambulância devido a quadro de dor toráxica e formigamento nas mãos. Acredita ter sofrido ataque cardíaco e está muito assustado com a possibilidade de morrer subitamente. Relata episódios semelhantes toda vez que se encontra em locais com muitas pessoas. Nega antecedentes de qualquer doença. Ao exame, apresenta sudorese, taquipneia e pressão arterial, ligeiramente, acima de 140/90 mmHg. O eletrocardiograma mostra taquicardia sinusal. A temperatura, a glicemia e a dosagem de enzimas cardíacas estão normais. Qual o manejo mais apropriado para esta situação na emergência?

A
Esclarecer ao paciente a natureza dos sintomas.
B
Internar o paciente para observação por 24 horas.
C
Repetir o eletrocardiograma em 24 horas.
D
Monitorar os sinais vitais por 6 horas.
E
Aplicar uma ampola de diazepam por via intramuscular.
Um paciente do sexo masculino, de 5 anos, chega claudicando no pronto-socorro com uma história de dor em quadril esquerdo que se irradia para o joelho esquerdo há 2 dias. Mãe relata quadro de faringite viral duas semanas antes que se resolveu sem medicação. Ao exame físico, apresenta-se com o quadril esquerdo abduzido e flexionado, com dor à movimentação passiva. A velocidade de hemossedimentação é de 28 mm/h. O diagnóstico mais provável é:
Com relação à angina de Vincent, assinale a alternativa incorreta.
Na rubéola congênita, as manifestações tardias estão associadas à persistência e reativação do vírus, assim como a mecanismos autoimunes. Das alternativas abaixo, assinale a principal manifestação tardia:
Adolescente de 14 anos vem à consulta com história de completa recusa alimentar. Seus pais acham que ela está exagerando no regime que começou há cerca de três meses. Paradoxalmente, há relato de ingestão de grande quantidade de doces e chocolates durante as madrugadas, seguidos de vômitos autoinduzidos. Ao exame físico, apresenta-se emagrecida. Refere amenorreia há dois meses. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar