Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Infectologia

Nefrologia

Homem de 28 anos é trazido ao PS após queda de aproximadamente 3 metros de altura um dia antes. Notou que sua urina tornou-se mais escura, semelhante a chá. Revela ainda que fez uso de cocaína antes da queda. Apresentava marca na dobra do cotovelo, sugestiva de droga injetável. Ao exame físico, apresentava-se normotenso, euvolêmico, afebril e eupneico. Sua coxa e parte da nádega esquerdas estão empastadas. Os exames colhidos revelam: creatinina = 3,0mg/dL, potássio = 6,0mEq/L, cálcio= 7,5mg/dL, fósforo= 7,5mg/ dL, urina tipo 1= proteína++, hemácias++ e presença de muitos cilindros granulares. O diagnóstico para esse paciente é de insuficiência renal (X) devida à/ao (Y). Qual das abaixo completa melhor as lacunas?

A
(X) aguda - (Y) rabdomiólise.
B
(X) aguda - (Y) nefropatia por HIV.
C
(X) aguda isquêmica - (Y) uso de cocaína.
D
(X) crônica - (Y) nefropatia por HIV.
E
(X) crônica pré-renal - (Y) sequestro de líquido.
Homem, 30 anos de idade, indigente, trazido ao pronto-socorro por queda do estado geral e tosse seca, não produtiva. Ao exame, encontrava-se desidratado ++/4, descorado ++/4, taquipneico (FR = 35 ipm) e febril (37,6ºC). Apresentava pectorilóquia áfona e sopro tubário em ápice à direita, em dorso. Assinale a alternativa correta:
Paciente portador de prótese metálica aórtica, em uso de anticoagulante oral, com equimoses em membros superiores e inferiores, hemodinamicamente estável, apresentando hemoglobina de 11 g/dl e INR (International Normalized Ratio) de 15,3. Assinale a alternativa correta com relação à intervenção terapêutica:
Paciente, 31 anos de idade, G3P2A0, com o tempo de amenorreia de 25 semanas queixava-se de dor lombar há 3 dias, associada com polaciúria. Relatou também calafrios, náuseas e vômitos há 12 horas. Trouxe ultrassom de primeiro trimestre com a idade gestacional. Ao exame: temperatura axilar 39,1ºC, atividade uterina não perceptível; BCF = 136 bpm: colo fechado, grosso posterior. A hipótese diagnóstica e a conduta são:
Paciente com 26 anos de idade, G4P0A3, apresentou abortos anteriores espontâneos, acima de 10 semanas com fetos morfologicamente normais. Ultrassom mostra gestação tópica de 7 semanas. Foi encaminhada ao Setor de Gestação de alto risco para investigação da Síndrome do Anticorpo Antifosfolípide e para terapêutica necessária. Quais exames você solicitaria e qual a conduta terapêutica?
Compartilhar