Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Vascular

Homem de 40 anos, arrítmico, sem outras comorbidades, chega ao pronto-socorro com história de dor súbita intensa e resfriamento em panturrilha esquerda há aproximadamente 4 horas. Nega história de claudicação intermitente prévia. Exame físico: membro inferior esquerdo pálido, com dor à palpação de panturrilha e sem pulsos femoral, poplíteo, tibial posterior e pedioso. No membro contralateral, todos os pulsos estão presentes e cheios. Assinale o diagnóstico e conduta.

A
Oclusão arterial aguda embólica; anticoagular o paciente e encaminhá-lo o mais rápido possível para o centro cirúrgico para desobstrução arterial de urgência.
B
Oclusão arterial aguda trombótica; anticoagular o paciente e encaminhá-lo o mais rápido possível para o centro cirúrgico para se proceder à desobstrução arterial de urgência.
C
Oclusão arterial aguda embólica; anticoagular o paciente, enfaixar os membros inferiores, colocá-los em proclive, realizar fasciotomia para tratar a síndrome compartimental instalada e programar arteriografia.
D
Oclusão arterial aguda trombótica; anticoagular o paciente, enfaixar os membros inferiores, colocá-los em proclive e programar arteriografia.
E
Oclusão arterial aguda embólica; enfaixar os membros inferiores, colocá-los em posição de Trendelemburg e iniciar anticoagulação sistêmica.
Paciente de 34 anos, sexo feminino, apresenta há 7 dias, dor em faixa em abdome superior de forte intensidade, acompanhada de vários episódios de vômito nesse período. Ao exame, o abdome é flácido, doloroso à palpação, principalmente em epigástrio, sem visceromegalias palpáveis. A dosagem de amilase e lipase estão normais. Podemos afirmar que:
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do trecho abaixo. No paciente traumatizado grave, a hipótese diagnóstica de fratura da base do crânio deve ser considerada na presença de equimose periorbitária (olhos de guaxinim), _________________ e mobilidade do maxilar superior. A ocorrência de tais sinais constitui contraindicação para a realização de ________________, porque pode causar ____________________.
A causa mais comum de hipoparatireoidismo é:
Cerca de 1 a 2 de cada 1000 recém-nascidos vivos apresentam cardiopatia congênita crítica. Em torno de 30% destes recém-nascidos recebem alta hospitalar sem o diagnóstico, e evoluem para choque, hipóxia ou óbito precoce, antes de receber tratamento adequado. São consideradas cardiopatias congênitas críticas aquelas em que a apresentação clínica decorre do fechamento ou restrição do canal arterial (cardiopatias canal-dependentes), EXCETO:
Compartilhar