Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Nefrologia

Homem de 48 anos de idade, vítima de atropelamento por veículo de carga foi devidamente removido e, ao chegar ao centro hospitalar, observa-se esmagamento de membros inferiores. Paciente está consciente, pontuação na escala de coma de Glasgow = 12; respiração espontânea, frequência respiratória = 22 movimentos/min; cateter nasal de O2 com 2 L/min, saturação não invasiva de O2 = 94 mmHg; frequência cardíaca = 102 batimentos/minuto, pressão arterial = 100 X 70 mmHg, equimose na face lateral esquerda do tórax, com crepitação na projeção do 8º e 9º arcos costais à palpação local. Sem exteriorização de sangramento. Realizados os procedimentos necessários para estabilização do paciente e colhidos rapidamente os exames subsidiários. Alguns minutos depois o técnico do laboratório telefona para a sala de admissão, preocupado com os resultados dos exames laboratoriais, devido a:

A
hipocalcemia.
B
hiponatremia.
C
hipomagnesemia.
D
hiperpotassemia.
E
hipofosfatemia.
Qual é a área com maior degeneração na ataxia de Friedreich?
Gestante de 35 semanas apresenta HBsAg positivo no pré-natal. Qual a conduta para evitar a transmissão vertical ao RN?
A medida da PA em crianças é uma oportunidade de identificar pré-hipertensão ou HAS, assim como estimar o risco de doenças cardiovasculares. A medida de PA deve ser realizada em crianças:
Paciente de 75 anos, sexo masculino, procurou serviço médico por estar apresentando uma discreta fraqueza há 6 meses, sem outras queixas. No exame físico, apresentava-se descorado +/4+, fígado palpável a 3 cm do RCD e baço palpável a 13 cm do RCE sem outros achados. Exames laboratoriais: Hemograma com Hb 10,0 g/dl HT=30% VCM=87 u³. Leucócitos de 3.000-0-0-3-60-2-0-33-2, Plaquetas 550.000/mm³. Função Renal e Hepática normal. Ácido Úrico=11,0. Endoscopia Digestiva Alta dentro da normalidade. USG de Abdômem presença de esplenomegalia maciça. Mielograma com medula hipocelular com dificuldade na punção. Biópsia de medula óssea: hipercelular, com proliferação megacariocítica, com fibras reticulínicas. Estudo citogenético-ausência de translocação 9;22. O quadro clínico acima sugere Mielofibrose Idiopática. Qual das assertivas abaixo auxiliaria no diagnóstico?
Compartilhar