Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Homem de 48 anos, transferido do pronto-atendimento com história de hematêmese e melena, de inicio há 12 horas. Já fez consulta há 6 meses com hepatologista por ter sido detectado problema numa doação de sangue. Nega antecedentes de alcoolismo, sabe ser hipertenso e não se trata, relatando acidente automobilístico com transfusão sanguinea na adolescência. Exame físico: PA = 100/60 mmHg, FC = 140bpm, com respiração ofegante e agitação psicomotora. Está com veia de grosso calibre puncionada. Hemoglobina = 7,5g/dl. Qual a conduta imediata ?

A
Promover expansão volêmica e solicitar endoscopia digestiva alta após estabilização dos sinais vitais.
B
Realizar lavagem gástrica com solução salina gelada e providenciar infusão venosa de bloqueador de bomba.
C
Transfusão de concentrado de hemácias e colher sorologias para hepatites B e C, e exames bioquímicos necessários.
D
Passar balão de Sengstaken-Blackemore e transferir para CTI.
E
Solicitar endoscopia digestiva alta e colher amostra de sangue para exames de hepatite e bioquímicos.
É uma contraindicação absoluta para cirurgia da obesidade:
Num paciente com cirrose de qualquer natureza com presença de ascite e varizes esofagianas, a presença de febre e dor abdominal difusa deve levantar a suspeita de:
Criança de 3 anos apresenta febre alta, de início súbito e progressivo, voz abafada, toxemia e dispneia que melhora na posição sentado. O diagnóstico mais provável é:
Paciente do sexo feminino, 33 anos, branca, refere quadro de sonolência, desânimo, ganho de peso, edema de membros inferiores, esquecimento e queda de cabelo há 6 meses. Nega antecedentes patológicos. Refere história familiar de tireoideopatia (não sabendo referir qual tipo). Ao exame físico: bom estado geral, palpação tireoideana: nódulo único, móvel, indolor de ± 1cm, PA: 130x95mmHg, FC: 56bpm, restante do exame físico sem alterações. Exames laboratoriais: TSH: 54 (0,35-4,5), T4 livre: 0,5 (0,7 – 1,8), Anti-TPO: +, hemograma, glicemia, eletrólitos e função renal dentro da normalidade. Ultrassonografia: nódulo hipoecogênico, irregular sem calcificações, vascularização central e periférica. Assinale a alternativa incorreta:
Compartilhar