Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Nefrologia

Homem de 53 anos com doença renal crônica, estágio final, secundário a Diabetes Mellitus tipo I. Encontra-­se em uma visita de seguimento. Ele submeteu-­se a revascularização do miocárdio há 02 anos. Exame físico normal, exceto pela presença de retinopatia diabética. Sua taxa de filtração glomerular estimada é de 25 ml/min/1,73 m². Qual das seguintes opções de tratamento é associado com a melhor chance de sobrevivência e melhor qualidade de vida neste cenário clínico?

A
Diálise peritoneal.
B
Hemodiálise na clínica.
C
Transplante renal.
D
Hemodiálise em casa.
E
Acompanhamento clínico sem diálise ou transplante.
No doente com trauma abdominal contuso, a lavagem peritoneal diagnóstica:
Lactente de 2 anos de idade, vítima de acidente automobilístico, é arremessada de carro, pois não estava em uso de cadeirinha de proteção. É trazida pelos bombeiros à sala de emergência em uso de colar cervical, onde se encontra torporosa com resposta inespecífica à dor, sem abertura ocular. Pálida, sudorética, pulsos finos, FC: 160 bpm, FR: 35 irpm; entrada de ar diminuída difusamente; abdome distendido, com tatuagem traumática. Em relação à conduta imediata neste caso é CORRETO afirmar:
Paciente do sexo feminino, 51 anos, melanodérmica, apresenta colecistolitíase sintomática. Foi indicada colecistectomia laparoscópica. Exames clínicos pré-operatórios não revelaram quaisquer alterações. Dentre as opções abaixo, assinale aquela que corresponde ao melhor conjunto de exames pré-operatórios de rotina para essa doente:
Em relação à intubação traqueal, podemos afirmar:
Compartilhar