Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Homem de 54 anos, portador de doença arterial coronária crônica, apresenta, após intensa emoção, dor torácica precordial e perda da consciência. Os pulsos periféricos não são perceptíveis e a pressão arterial não foi percebida. O mecanismo provável da parada é:

A
Assistolia.
B
Atividade elétrica sem pulso.
C
Taquicardia supraventricular.
D
Fibrilação ventricular.
E
Fibrilação atrial.
São fatores anatômicos que predispõem à apneia obstrutiva do sono e hipoventilação todas as possibilidades citadas abaixo, EXCETO:
A convulsão febril é o problema neurológico mais comum na infância. Em relação à convulsão febril, assinale a alternativa INCORRETA.
No paciente que se apresenta com clínica de rinossinusite aguda, devemos desconfiar de infecção bacteriana ao invés de viral quando:
Criança de 3 anos, com história ou crises convulsivas, em uso regular de fenobarbital, dá entrada no pronto-socorro com convulsão tônico clônico generalizada de duração maior do que 15 minutos, segundo relato dos pais. Mãe refere que a criança não recebeu as últimas 2 doses da medicação. Qual é a sequência ADEQUADA de condutas para esse caso?
Compartilhar