Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Nefrologia

Homem de 60 anos é avaliado durante plantão. Está internado há 4 dias para tratamento de neutropenia febril e há 36 horas não apresenta diurese. Exame físico evidenciou mucosas algo ressecadas e taquicardia leve (110 bpm). Sondagem vesical extraiu mínima quantidade de urina (< 10 ml). Além de outras condutas, é solicitada a correção da dose do antibiótico em uso para a função renal. O paciente pesa 60 kg, tem 1,60 m de altura. Exame da urgência mostra creatinina = 2,5 mg/dl. Com base nos dados expostos, assinale o item que contenha o clearance de creatinina deste paciente.

A
< 11.
B
11 – 29.
C
30 – 59.
D
60 – 90.
E
> 90.
Mãe chega ao pronto-atendimento com seu filho de dois anos, referindo que, há três semanas, o menino apresenta episódios de diarreia líquida, com muco, cerca de quatro a seis vezes por dia. Informa que a criança está sem apetite e perdendo peso. Trata-se especialmente de um caso de diarreia:
Menino de sete anos chega ao pronto-socorro com queixa de falta de ar. Sua mãe informa que a criança tem asma e que já foi internada duas vezes no último ano devido à gravidade das crises. Ao exame, encontra-se com sibilos difusos; FR = 32 irpm e oximetria de 92%. A melhor conduta, neste momento, é a nebulização com agonista ß2 adrenérgico e:
Segundo as recomendações do Plano Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, a vacina Tríplice Viral deve ser aplicada, pela primeira vez, aos 12 meses de idade. O tipo de vacina utilizado e o critério para escolha desta idade são, respectivamente:
Criança de seis anos e cinco meses de idade convive com o pai, que após um quadro de febre vespertina por três semanas e tosse produtiva, foi diagnosticado como tuberculose pulmonar. A bacterioscopia do escarro foi positiva, o PPD foi de 17 mm, e o RX de tórax apresentava condensação com área de hipertransparência em terço superior direito, sugerindo imagem de caverna. A criança se apresentava em bom estado geral. O RX de tórax revelava condensação em terço médio direito sem área sugestiva de caverna. O resultado do PPD foi de 16 mm e a bacterioscopia do escarro foi negativa. O menor também recebeu diagnóstico de tuberculose pulmonar. As prováveis justificativas para as diferenças clínicas, radiológicas e laboratoriais entre a tuberculose pulmonar do pai e a de seu filho são, que na infância ocorre, em geral:
Compartilhar