Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Homem de 63 anos, assintomático, em revisão urológica de rotina, apresentou PSA de 3,6 ng/ml. O exame digital retal evidenciou próstata de consistência normal, com peso estimado em 30g. A ultrassonografia transretal com biopsia demonstrou neoplasia intraepitelial prostática (PIN) em 1 de 12 fragmentos. Qual a conduta mais adequada?

A
Reavaliar o paciente em 6 meses.
B
Indicar ressecção transuretral da próstata.
C
Indicar prostatectomia radical
D
Indicar radioterapia externa
E
Indicar braquiterapia
Mulher, 35 anos, previamente hígida, atropelada por ônibus, é trazida à Emergência com pneumotórax à E. A drenagem é realizada com sistema em selo d’água, apresentando intenso escape aéreo. A administração de 2 litros de cristaloide aquecido não melhora as condições hemodinâmicas. Ao exame, persistem evidências de ausência de reexpansão pulmonar, confirmado por RX de controle. Estes achados levantam a hipótese de:
As crises convulsivas febris constituem uma das manifestações neuropediátricas mais frequentes, cerca de 5% das crianças apresentam crises febris, sendo classificadas como típicas e atípicas. Qual alternativa apresenta uma característica das crises atípicas?
Segundo as novas diretrizes de 2010, baseadas no ILCOR (International Liaison Committee on Resuscitation), e nas condutas adotadas pelo Neonatal Resuscitation Program da Academia Americana de Pediatria e Associação Americana de Cardiologia, e adaptadatas ao nosso meio pelo Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria e adotadas pela Área Técnica da Criança do Ministério da Saúde em 2011, responda: É INCORRETO afirmar:
Menino, de 6 anos, é trazido ao pronto-socorro com história de 4 episódios de evacuação com sangue vermelho vivo com coágulos, em grande quantidade, nas últimas 10 horas. Exame físico: regular estado geral; FC = 144 bpm; FR = 30 irpm; PA = 78 x 38 mmHg; descorado 3+/4+; dor leve à palpação abdominal. Toque retal: presença de coágulos e sangue em ampola retal: A hipótese diagnóstica etiológica é:
Compartilhar