Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Homem de 63 anos, assintomático, em revisão urológica de rotina, apresentou PSA de 3,6 ng/ml. O exame digital retal evidenciou próstata de consistência normal, com peso estimado em 30g. A ultrassonografia transretal com biopsia demonstrou neoplasia intraepitelial prostática (PIN) em 1 de 12 fragmentos. Qual a conduta mais adequada?

A
Reavaliar o paciente em 6 meses.
B
Indicar ressecção transuretral da próstata.
C
Indicar prostatectomia radical
D
Indicar radioterapia externa
E
Indicar braquiterapia
Anemia hemolítica microangiopática, insuficiência renal e trombocitopenia são características da:
Criança de quatro anos de idade, parda, acompanha regularmente em posto de saúde do seu bairro. Apresenta déficit pondero-estatural (abaixo do percentil 25) com vários tratamentos adequados para anemia, com sulfato ferroso, há dois anos. Dá entrada no Pronto Atendimento com dor intensa em MMII e edema de dorso de pés, pálida e prostrada. FC=123 bpm, PA=70/40 mmHg. O diagnóstico provável em relação ao caso é:
Criança de quatro anos de idade com queixa de febre alta (39,8ºC) há mais de sete dias inicia edema de dorso de mãos e pés e “rash” cutâneo há um dia. Apresenta congestão conjuntival, língua em framboesa e exantema difuso em mucosa oral e faríngea. Hemograma apresenta leucocitose com desvio nuclear à esquerda. O diagnóstico mais provável é:
Num paciente chocado em que há suspeita de insuficiência aguda de suprarrenais, quais as alterações eletrolíticas frequentes que dão força à suspeição diagnóstica e orientam para o tratamento imediato com hidrocortisona?
Compartilhar