Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Homem de 77 anos chega ao pronto-socorro com dor e distensão abdominal há 3 dias e vômitos há um dia. Exame físico: desidratado, descorado, eupneico, afebril, pulmões livres, abdome distendido, com dor a palpação profunda difusamente, sem descompressão brusca dolorosa, ruídos hidroaéreos aumentados. Toque retal com ampola ampla e sem lesões ou fezes palpáveis. RX de abdome: grande distensão de cólon. Hemograma: 15.000 leucócitos e 5% de bastonetes. A conduta é:

A
antibioticoterapia e indicar cirurgia de emergência.
B
solicitar tomografia computadorizada e antibioticoterapia.
C
sonda nasogástrica de grosso calibre e hidratação endovenosa com observação rigorosa e reavaliação em 24 horas.
D
ultrassonografia abdominal e drenagem de abscesso intracavitário se necessário.
E
realizar retossigmoidoscopia para diagnóstico e terapêutica.
Paciente submetida à colecistectomia, com perfuração da vesícula biliar, no ato operatório, com vazamento de bile para cavidade. A paciente evoluiu, no pós-operatório, com dor em região de HD irradiada para região subescapular ipsilateral. Trata-se de:
Qual o padrão- ouro para acompanhamento, a longo prazo, do controle glicêmico de paciente com diabetes melito ?
Em mulher de 57 anos, submetida à exame de rotina, foi encontrado um nódulo de tireoide com 8 mm. Em relação a este achado casual, assinalar a alternativa CORRETA:
Quanto às neoplasias cutâneas em geral, assinalar a alternativa CORRETA.
Compartilhar