Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Homem portador de câncer de próstata com metástase óssea disseminada procura serviço de pronto atendimento com quadro de dor óssea de forte intensidade, difusa. Seu médico já receitou uso contínuo de paracetamol e de anti-inflamatório não hormonal (AINH), com persistência da dor, apesar das medicações. A conduta deve ser:

A
Fornecer medicação sedativa para que o paciente diminua a ansiedade. Manter o esquema já em uso.
B
Associar um opioide de baixa potência, por via oral ao esquema em curso.
C
Suspender o paracetamol, um analgésico de menor potência e que não será útil nessa situação, aumentar a dose de AINH.
D
Explicar que a dor é consequência das metástases, orientar a aguardar ação da associação em uso, alertar sobre o risco de dependência de certos medicamentos.
E
Suspender o AINH pelo risco de insuficiência renal associado ao uso crônico, aumentar a dose de analgésico.
Ataques espontâneos e inesperados de medo ou terror intensos, associados à sensação de morte iminente, duração aproximada de meia hora e frequência de uma ou duas vezes por semana. Com base no enunciado, assinale a alternativa que indica corretamente a que patologia o quadro clínico se refere.
Assinale a alternativa correta para a avaliação de crianças durante a adolescência.
Recém-nascido, com 25 dias de vida, em aleitamento materno, apresentando vômitos em jato, lácteos, há 8 dias. Ao exame, apresenta-se bastante desidratado e apático; nota-se abaulamento e peristaltismo visível na região do epigástrio. Diante da suspeita de estenose hipertró?ca de piloro, assinale a alternativa que indica corretamente: o exame de imagem a ser solicitado; as alterações hidroeletrolíticas esperadas; as alterações do equilíbrio acido-básico esperadas.
Uma mulher de 42 anos chega ao consultório com uma ultrassonografia mostrando cálculos na vesícula biliar. Ela nega sintomas. Sobre cálculos na vesícula biliar, podem ser considerados fatores etiológicos e complicações, respectivamente:
Compartilhar