Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Indicação absoluta de parto cesárea:

A
Gestação gemelar de 35 semanas em trabalho de parto espontâneo com ambos os fetos em apresentação cefálica.
B
Gestação atual de 39 semanas com antecedente de três partos cesarianos anteriores.
C
Paciente com uma cesárea anterior em trabalho de parto espontâneo.
D
Paciente com 1º filho nascido pela via vaginal com peso 4.100 g sem sequelas e gestação atual de 40 semanas com peso fetal estimado de 3.900 g.
E
Paciente primigesta com diagnóstico de pré-eclâmpsia grave, pressão arterial de 160 × 100 mmHg, em trabalho de parto espontâneo.
Paciente de 45 anos, submetida à histerectomia total com anexectomia bilateral por endometriose grave há 6 meses, vem à consulta, queixando-se de fogachos e dificuldade nas relações sexuais, porque a vagina está muito seca. O exame ginecológico está dentro da normalidade, apresentando apenas mucosa vaginal hipotrófica. Qual o tratamento indicado para melhorar a qualidade de vida da paciente?
A herpangina, afecção de ocorrência comum na infância, tem, como agente etiológico, nas formas epidêmicas, o vírus:
Adolescente negro comparece ao setor de emergência de um hospital geral, acompanhado pela mãe, com queixas de “cansaço e sensação de fraqueza nos músculos”. Informa que alguns dias antes apresentou manchas vermelhas, principalmente nos braços e nas pernas, precedidas por intensa ruborização de ambas hemifaces. Tais manifestações não determinaram sintoma algum e desapareceram espontaneamente. Informa também ser portador de uma hemopatia crônica. Ao exame físico, são bem evidentes palidez da mucosa conjuntival e escleróticas ictéricas. A partir exclusivamente de tais informações, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente: principal hipótese diagnóstica da doença ocorrida anteriormente à consulta, agente etiológico dessa referida doença e principal hipótese para as manifestações correntes que motivaram a consulta.
Menina de 8 meses é levada pela mãe ao posto médico do bairro onde reside, por estar apresentando coriza leve há 2 dias. A mãe nega hipertermia. Examinando o registro de imunizações da paciente, constatou-se que não foram efetuadas a terceira dose da vacina tetravalente e a segunda dose da vacina contra Rotavírus. Qual deve ser a atitude do médico em função desse achado?
Compartilhar