Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Infecção secundária é uma importante complicação em pacientes queimados que perderam a epiderme e a sepse resultante é responsável por um número significativo de mortes nesses pacientes. Qual a etiologia mais frequente de um quadro de sepse em grande queimado?

A
Gram negativos.
B
Streptococcus pyogenes.
C
Staphylococcus epidermidis.
D
S. aureus e pseudomonas aeruginosa.
E
Fungos, principalmente Candida sp.
Paciente obesa, 79 anos, diabética, hipertensa, com história prévia de revascularização aortobifemoral, foi submetida à cirurgia para fratura de colo de fêmur e evoluiu no primeiro dia pós-operatório com queda do estado geral, vômitos, dor abdominal difusa e distensão abdominal. Qual o provável diagnóstico?
Paciente 18 anos, vítima de capotagem, deu entrada na emergência em prancha e com colar cervical, PA: 120/80mmHg, FO: 88bpm, confuso, com abertura ocular a dor, localizando estímulos dolorosos. Qual seu escore na escala de coma de Glasgow?
Paciente apresenta tamponamento cardíaco traumático, responde rapidamente à pericardiocentese e, durante a próxima hora no setor de emergência, permanece clinicamente estável e sem evidências de novo tamponamento. Qual deve ser a melhor abordagem para esse paciente?
Quando evidenciamos no exame radiológico simples de abdômen, a presença de ar nas vias biliares em paciente não operado. Deve-se à:
Compartilhar