Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Endocrinologia

Januária, 24 anos, realizou, há 18 meses, cirurgia de derivação gástrica em Y de Roux por via laparoscópica devido à obesidade mórbida. No 3° dia de pós-operatório apresentou taquicardia e desconforto abdominal e, no dia seguinte, observou-se drenagem de secreção biliosa pela ferida operatória. Teve alta após o controle da complicação acima e desde então, perdeu 25 kg. Nega outras patologias. Há um mês com astenia intensa, dificuldade de deambular, sudorese e vômitos frequentes no período pós-prandial. Intolerância à ingestão de carne bovina. Nega uso de medicações. Em amenorreia há 6 meses. Ao exame ginecológico, observa-se muco cervical abundante fluido e cristalino, com filância de 8 cm. O quadro apresentado requer:

A
Medicação antidepressiva
B
Revisão cirúrgica
C
Vitaminas do complexo B
D
Antieméticos e orientação dietética
Roger tem 4 meses, é filho da advogada Luiza, e fica em creche desde os 3 meses. Na avaliação semanal pelo pediatra da creche, ele identifica que Roger está choroso, irritado, esfregando os pés um no outro. Há lesões papulocrostosas no tronco e nos membros e lesões vesicocrostosas nas plantas dos pés. Leilane, cuidadora da creche, tem lesões papulocrostosas e pruriginosas sob as mamas, nas axilas e entre os dedos das mãos. O tratamento recomendado para Roger é com:
Homem, 23 anos, sofre queimadura elétrica em objeto próximo a cabo de alta tensão, ficando temporariamente desacordado. Na Emergência, está lúcido e coerente, com lesão deprimida, acinzentada, circundada por área de hiperemia na mão D. A urina está escura. Em relação a este caso, são apresentadas as afirmativas abaixo: I. Deve-se revisar 24 horas após o desbridamento inicial, pois a área de necrose costuma ser posteriormente mais extensa. II. As maiores lesões musculares ocorrem junto a estruturas ósseas, onde há maior calor de resistência. III. É necessária imediata reposição líquida, mesmo sem confirmação laboratorial de mioglobinúria. Qual é a alternativa correta?
Pré-escolar apresenta lesões na pele que se iniciaram há 2 dias, acompanhadas de febre alta e dor à deglutição. Ao exame, percebe-se exantema vermelho, pontilhado, finamente papular, generalizado, com textura de lixa grossa à palpação. O eritema é mais intenso nas fossas antecubitais. A face parece ruborizada e há palidez perioral. A orofaringe apresenta-se muito hiperemiada, com purulência nas amígdalas e a língua tem aspecto de framboesa. Qual é o diagnóstico mais provável?
Homem, 75 anos, apresenta febrícula vespertina, mialgias em cintura escapular e sinovites metacarpofalangeanas há 1 mês. Há 3 dias tem claudicação de mandíbula e episódios de perda visual. O VSG é de 105 mm na 1ª hora. O diagnóstico mais provável para este paciente é:
Compartilhar