Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

J.F.S., paciente do sexo masculino, com 40 anos de idade, casado, desempregado, residente no bairro de Nova Descoberta (Recife – PE), consome bebida alcoólica de forma abusiva. Foi diagnosticado como um caso novo de tuberculose pulmonar. Quando estava no final do 3º mês com o Esquema I (2RHZ/4RH), abandonou o tratamento e só retornou ao Serviço de Saúde após 6 meses. O médico que o atendeu deve indicar um novo esquema de tratamento para tuberculose, recomendado pelo Ministério da Saúde, que, além de rifampicina, isoniazida e pirazinamida, inclua:

A
estreptomicina.
B
etionamida.
C
etambutol.
D
clofazima.
Dentre as cardiopatias congênitas cianogênicas relacionadas, qual a mais frequente?
Paciente adulto jovem (19 anos) com lesão de consistência amolecida, com 7 cm de diâmetro, localizada no nível III à esquerda, anterior ao músculo Esternocleidomastoideo, indolor à palpação e que à PAAF veio com o detalhe de lesão cística com presença de cristais de colesterol. Qual a principal hipótese diagnóstica?
Você foi chamado para avaliar um paciente de 4 meses de idade internado por bronquiolite, que apresentava queda de saturação de oxigênio. Ao chegar à unidade de internação, o paciente estava em uso de cateter de O2 nasal com 4 L/min, saturação de O2 = 50%, FC = 110 bpm, FR= 100 irpm, presença de tiragens intercostais e subcostais, uso de musculatura acessória e cianose. Enquanto você pedia ajuda e preparava o material, o paciente evoluiu em parada cardiorrespiratória. Após o ciclo de compressões e ventilações, o caso foi reavaliado e a criança continuava com o mesmo perfil eletrocardiográfico. Assinale a alternativa CORRETA, que apresenta a conduta mais adequada a ser seguida.
Assinale a alternativa que completa CORRETAMENTE a frase. Os reflexos primitivos de Moro e tônico-cervical assimétrico são mais importantes como indicadores de paralisia cerebral quando:
Compartilhar