Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Joana tem um ano e meio e há três meses começou a frequentar creche. Teve um episódio de otite aos dez meses de idade e está no quinto dia de uso de amoxicilina com clavulanato por via oral para tratamento do segundo episódio. É levada à emergência com crise convulsiva generalizada. Após controle da crise, apresenta irritabilidade alternada com sonolência e rigidez de nuca terminal, sem sinais neurológicos focais. A punção lombar realizada revela: 875 células/mm³ sendo 95% de polimorfonucleares, glicose 23 mg/dl, proteínas 158 mg/dl e presença de diplococos gram-positivos no exame de lâmina com coloração de Gram. Ao saber do fato, dona Vilma, a diretora da creche telefona para saber que conduta ela deve tomar e você a orienta para:

A
suspender as atividades na creche por 24 horas para desinfecção e b) recomendar que as crianças sejam levadas ao pediatra.
B
informar que as crianças e a professora devem receber profilaxia com rifampicina, de 12 em 12 horas, por 2 dias.
C
não tomar nenhuma medida específica e informar aos pais que o caso de Joana não oferece maior risco às outras crianças.
D
informar que as crianças devem receber profilaxia com rifampicina, em dose única diária, por 4 dias.
Homem viúvo de 60 anos é trazido pela sua filha, pois mudou seu comportamento recentemente. A filha relata que o mesmo anda muito triste, sem causa aparente. Tem se alimentado pouco, perdeu 6 kg em 6 meses, e deixou de praticar as atividades que mais tinha prazer, como cuidar de seu quintal. Ao exame, paciente pouco comunicativo, mal vestido e precária higiene pessoal. O mesmo relata ter perdido o prazer de viver, que acorda de madrugada e não consegue mais conciliar o sono. Em conversa reservada, admite que já pensou em interromper sua própria vida com arma de fogo que possui em sua casa, mas que não teve coragem para tal, e por isso entregou a arma para sua filha. A conduta para este paciente é:
Paciente encaminhado da unidade básica de saúde para oftalmologista, com quadro de conjuntivite há 3 dias e com piora da hiperemia ocular após uso de corticoide tópico. Ao exame oftalmológico: blefaroconjuntivite folicular unilateral e lesão com padrão dendrítico de ulceração do epitélio da córnea, após coloração com colírio de fluoresceína. Assinale a alternativa que apresenta, CORRETAMENTE, o agente mais provável:
Por que os profissionais de saúde avaliam o desenvolvimento motor dos bebês durante exames rotineiros de puericultura?
O diagnóstico de choque séptico é feito em um paciente com sepse quando:
Compartilhar