Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

João, 58 anos, natural de Minas Gerais, hipertenso há 20 anos, chega à Emergência com dor abdominal aguda seguida por distensão e vômitos fecaloides, há 24 horas. História de cirurgia para apendicite aguda há 24 horas e doença diverticular. Exame físico: T.ax 36,5°C, PA 90 x 60 mmHg, FC 108 bpm, FR 28 irpm. Exames laboratoriais iniciais: hematócrito 45%, leucócitos 10.000/mm³, creatinina 1,6 mg/dl, ureia 78 mg/dl, K 4,9 mEq/l, Na 140 mEq/l. A classificação do estado físico de João, segundo à Sociedade Americana de Anestesiologistas, é:

A
III E
B
IV E
C
IV
D
II
Em relação ao politraumatizado, é incorreto afirmar que:
A procidência do reto se caracteriza por prolapso de:
Um menino de 8 anos de idade é atendido no ambulatório. Tem história de asma, tratada somente nas crises, com boa resposta. Há três dias apresenta tosse cheia, congestão nasal, febre baixa e desconforto respiratório. Seus pais estavam usando um descongestionante nasal de uso oral, e um xarope fitoterápico para a tosse. Ao exame, o menino apresenta-se bem, com taquipneia (frequência respiratória de 40 ipm), tiragem costal leve e sibilos expiratórios à ausculta. Não há estertores. A taxa de fluxo de pico expiratório (peak-flow-metria) é de 60%. A conduta imediata mais adequada é:
O tumor cervical que apresenta a característica sintomatológica de doer quando o paciente coloca substâncias ácidas na boca, sugere estarem associados dois elementos de um dos itens abaixo, assinale-o:
Compartilhar