Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

João evolui com instabilidade hemodinâmica e oligoanúria. A creatinina sérica é 5,8 mg/dl e tem 54000 plaquetas/mm³. A radiografia de tórax mostra infiltrado pulmonar bilateral. Entubado, com saída de sangue vivo pelo tubo e colocado em assistência ventilatória. A seguir, apresenta parada cardíaca e o monitor mostra fibrilação ventricular. Foi iniciado protocolo atual de reanimação cardiorrespiratória. O ritmo cardíaco foi refratário a duas tentativas de desfibrilação. Neste momento a conduta é administrar:

A
Compressões torácicas (100/min)
B
Adrenalina em altas doses
C
Choque com 150 Joules
D
Giuconato de cálcio
A bronquiolite viral aguda (BVA) é a mais comum infecção do trato respiratório inferior em crianças pequenas, sendo o vírus sincicial respiratório (VSR) o seu principal agente etiológico. Assinale a alternativa que NÃO caracteriza paciente de risco para a infecção pelo VSR.
Assinale a alternativa correta:
Considere um caso de choque hemorrágico por varizes esofágicas sangrantes em paciente hepatopata evoluindo com hipotensão arterial (85x50 mmHg) e oligúria, após sondagem vesical e passagem de balão esofágico. Os exames revelam: Hb 6,5 g/dl; Htc: 21%, tempo de protrombina: 23 seg com INR: 1,5; proteínas totais: 6,0 mg/dL; com albumina:2,5 mg/dL; ureia:95mg/dL; creatinina: 1,9 mg/dL, potássio: 4,8mEq/. O conjunto de medidas terapêuticas iniciais mais adequado no momento é:
Com relação ás hernias inguinais assinale a correta:
Compartilhar