Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

João evolui com instabilidade hemodinâmica e oligoanúria. A creatinina sérica é 5,8 mg/dl e tem 54000 plaquetas/mm³. A radiografia de tórax mostra infiltrado pulmonar bilateral. Entubado, com saída de sangue vivo pelo tubo e colocado em assistência ventilatória. A seguir, apresenta parada cardíaca e o monitor mostra fibrilação ventricular. Foi iniciado protocolo atual de reanimação cardiorrespiratória. O ritmo cardíaco foi refratário a duas tentativas de desfibrilação. Neste momento a conduta é administrar:

A
Compressões torácicas (100/min)
B
Adrenalina em altas doses
C
Choque com 150 Joules
D
Giuconato de cálcio
Emily tem 10 meses e vem para a USF para sua consulta mensal. Ela está no percentil 97 para peso e altura. Quanto ao desenvolvimento, ela já se senta com apoio, mas ainda não engatinha. Durante a consulta, a mãe nega outras alterações e lhe mostra que a bebê bate palminhas.
A paralisia facial periférica de Bell NÃO tem entre as suas manifestações:
Ao examinar um recém-nascido em alojamento conjunto que se apresenta ictérico, que característica manteria a hipótese de icterícia fisiológica?
Pré-escolar de 3 anos é atendido com tosse produtiva, principalmente noturna, e obstrução nasal há 15 dias. A mãe refere infecção de vias aéreas superiores no início do quadro. O diagnóstico provável é:
Compartilhar