Questões na prática

Pediatria

Otorrinolaringologia

João Guilherme, de 7 anos de idade, apresenta tosse que piora ao deitar, secreção nasal purulenta e febre. O diagnóstico e tratamento são respectivamente:

A
Traqueobronquite e amoxacilina.
B
Rinofaringite aguda, hidratação e antitérmico.
C
Sinusite aguda e amoxacilina com clavulanato.
D
Broncopneumonia e penicilina.
E
Asma tussígena, corticoide inalatório.
Paciente masculino 35 anos de idade, vítima de atropelamento.Trazido pelo resgate, deu entrada no serviço de emergência. Encontrava-se agitado, com frequência respiratória de 32 mrp, frequência cardíaca 128 bpm e PA 90/60. Apresentava lacerações múltiplas em hemiface D, couro cabeludo, fratura perna esquerda e escoriações em hemitorax D e abdômen. Após avaliação inicial, e reanimação ABCs, realizou-se FAST (ultrassom na sala de emergência) com resultado positivo. O paciente permaneceu com quadro de instabilidade, ao que o cirurgião indicou laparotomia exploradora. Durante o ato operatório no inventário da cavidade abdominal encontrou-se: laceração hepática (grau III); contusão pancreática (grau I); e lesão intestino delgado (grau II). Todas as lesões foram tratadas adequadamente. Após a intervenção, o paciente foi encaminhado para a unidade de terapia intensiva. Na avaliação do intesivista: registram-se PAM (pressão arterial média) 82; PIA (pressão intra-abdominal) 20; GASOMETRIA (BE -11, PCO2 38, PO2 95, HCO3 21); LACTATO SERICO 3 e Creatinina 1.6. Considerando esse quadro qual é a melhor conduta em relação ao atendimento do paciente?
Sobre o câncer de vesícula biliar é CORRETO afirmar:
Assinale a assertiva incorreta sobre abdômen agudo.
Paciente, 27 anos de idade, apresenta à palpação, massa endurecida no testículo direito. Os níveis de alfafetoproteína (AFP) e da fração (beta-HCG) da gonadotrofina coriônica humana foram indetectáveis. A tomografia computadorizada do abdome era normal. A conduta é:
Compartilhar