Questões na prática

Ortopedia

Ortopedia

João Pedro, 17 anos, estava jogando futebol e teve um trauma na região distal da coxa direita, evoluindo com dor, mas sem prejuízo da marcha. Após uma semana, queixou-se de aumento de volume da coxa e dor que foi piorando progressivamente, sem sinais de aumento de temperatura local. Houve discreta melhora dos sintomas com a utilização de AINEs, mas não houve diminuição do volume. A amplitude de movimento do quadril e do joelho estava normal. O exame de radiografia mostrou a presença de uma reação periosteal e neoformação óssea com adensamento do osso do canal medular e cortical. Com base no caso clínico, as principais hipóteses diagnósticas são:

A
Osteossarcoma, condrossarcoma e osteoma osteoide.
B
Tumor de Ewing, condroblastoma e tumor de células gigantes.
C
Osteossarcoma, osteomielite e tumor de Ewing.
D
Condrossarcoma, tumor de Ewing e osteoma osteoide.
Em proporção significativa de casos o diabete melito é assintomático. O rastreamento para diabete melito deverá ser providenciado nas seguintes situações, EXCETO:
É incorreto quanto à clinica de estenose aórtica:
Mulher de 64 anos, obesa, com história de hipertensão arterial e diabetes mellitus, há 3 meses com edema generalizado insidioso de evolução progressiva, fadiga e dispneia de esforço. A radiografia de tórax revelou congestão pulmonar sem cardiomegalia. Eletrocardiograma de repouso mostrou hipertrofia ventricular esquerda sem distúrbios da condução ou sinais de infarto miocárdio prévio. Neste caso, um ecocardiograma com Doppler provavelmente revelará:
Menino com cinco anos de idade, natural e procedente de São Paulo (capital), apresenta, há 2 semanas, lesões bolhosas de conteúdo purulento e erosões recobertas por crostas melicéricas que estão se espalhando em toda a face. A provável hipótese diagnóstica é:
Compartilhar