Questões na prática

Oftalmologia

Jorge vem ao consultório com queixa ocular de embaçamento visual progressivo e dor leve em um dos olhos, apresentando, ao exame, hiperemia da conjuntiva mais intensa em volta da córnea (perilimbar), ausência de secreção epupila em miose. Estes achados sugerem o diagnóstico de:

A
Glaucoma agudo.
B
Conjuntivite.
C
Uveíte anterior.
D
Esclerite.
E
Catarata.
Escolar, 8 anos, apresentou quadro súbito de epistaxe, gengivorragia e equimoses. Afebril, sem visceromegalias, petéquias e hematomas em membros inferiores. Refere quadro viral há 15 dias, tendo feito uso de paracetamol, Hemoglobina - 12g/dl, leucócitos 10.000, com diferencial normal e plaquetas - 8.000 mm³. Todas as alternativas abaixo podem ser consideradas condutas adequadas para este quadro no momento, EXCETO:
Daniela tem 24 anos e procura ambulatório com dor torácica, em aperto, que piora com esforço e dura cerca de 15 minutos. Refere perda do pai, aos 60 anos de idade, por infarto agudo do miocárdio, há poucos meses. Você registra no prontuário o diagnóstico e sua proposta terapêutica como: “Paciente:
Sobre os possíveis efeitos fisiológicos do pneumoperitoneo, marque a alternativa incorreta.
Assinale a alternativa que contenha o melhor conjunto de hipóteses diagnósticas, do ponto de vista epidemiológico, para uma paciente com dor abdominal aguda em quadrante superior direito.
Compartilhar