Questões na prática

Psiquiatria

Jovem de 17 anos, sexo feminino, é trazida ao ambulatório de Clínica Médica pelos pais. A queixa é de comportamento 'fora dos padrões' e solicitam investigação adequada. Referem que há cerca de dois anos a mesma apresenta hábitos alimentares aberrantes, chegando a comer '10 pacotes de batatas fritas e incontáveis biscoitos e bombons de chocolate' em um dia. Após este 'dia de farra de comida' (referência dada pelos pais), passa de dois a três dias em intensa atividade física na academia de musculação - com sessões de 6 a 8 horas diárias - sem alimentar-se ou ingerir líquidos adequadamente. Esses ciclos alternantes vêm se repetindo 2 a 3 vezes por semana por pelo menos 6 meses. Durante entrevista, a paciente confirmou as informações dadas pelos pais e referiu que come exagerado por perder o controle, mas que sente-se extremamente infeliz após tais episódios. Relata que se acha um pouco acima do peso, mas nega indução de vômitos ou uso de laxantes em qualquer época. Nega alucinações visuais ou auditivas. A avaliação mostrou plena orientação pessoal, temporal e espacial; o índice de massa corpórea era de 26 kg/m²; as mucosas estavam levemente ressecadas; demais aspectos do exame físico estavam normais. Foi realizada avaliação bioquímica que não demonstrou alterações. Com base nestes dados, qual o diagnóstico mais provável?

A
Esquizofrenia.
B
Compulsão alimentar.
C
Anorexia nervosa.
D
Bulimia nervosa.
E
Depressão.
O uso de trombolíticos na insuficiência coronária aguda, tendo em conta os dados disponíveis na literatura até a presente data, está plenamente justificado em: I.IAM (supradesnivelamento de ST no mínimo em duas derivações no ECG), preferecialmente nas primeiras 6 horas de evolução. II.Angina instável III.Infarto agudo do miocárdio sem onda Q. Assinale a opção que contêm a resposta correta:
Considere o seguinte caso clínico sobre derrame pleural. Homem, 50 anos, negro, fumante 60 maços-ano, com tosse crônica, perda de peso. Análise do sangue: DHL = 450mg/dl e proteínas = 4,5g/dl. Análise do líquido pleural: DHL = 275mg/dl e proteínas = 3,8/dl. Citológico diferencial predomínio de linfócitos. Adenosina deaminase = 60U.
RN a termo, 39 semanas de idade gestacional, nascido de parto vaginal, líquido amniótico claro. Apgar 3 no primeiro minuto (ausência de movimentos respiratórios e freqüência cardíaca de 85 bpm). Após o aquecimento, posicionamento e aspiração de boca e narinas, próximo passo é:
A melhor conduta para a mulher de 45 anos com diagnóstico de hiperplasia ductal atípica realizada por core biopsy estereotoráxica de uma lesão de microcalcificações agrupadas em 0,5 cm², tipo BI-RADS 4C, na sua opinião é:
Compartilhar