Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Juliana, 2 meses e 25 dias de vida, chega ao pronto atendimento com febre. A mãe relata que há 12 horas vem notando a criança muito “quentinha”. Ela sente-se insegura, Juliana é sua primeira filha e o pai está preso em Bangu I por tráfico e uso de drogas. Juliana nasceu de parto normal, realizado na emergência, pensando 3500 g. Não foi amamentada ao seio, usando exclusivamente fórmula láctea. A mãe não realizou pré-natal e perdeu a carteira de imunizações da filha. Exame físico: peso 5.100 g, T.ax 38,5°, FC 148 bpm, FR 40 irpm. Lactente ativa, sem sinais de irritação meníngea, eupneica, com pequena lesão cicatricial em região deltoide de braço direito. Demais aparelhos e sistemas sem alterações. A avaliação inicial deve incluir hemograma e:

A
hemocultura
B
EAS
C
eletrólitos séricos
D
punção lombar
Quanto à episiotomia e/ou perineotomia:
É um indicador de qualidade de assistência pré-natal:
Qual tamanho mínimo de PPD você considera para iniciar quimioprofilaxia para tuberculose nos comunicantes assintomáticos de doente bacilífero, abaixo relacionados respectivamente: 1) 4 anos de idade, vacinado com BCG intradérmica no primeiro mês de vida; 2) 26 anos, portador do vírus HIV; 3) 2 anos de idade, vacinado com BCG intradérmica ao nascer.
Microlitíase biliar pode ser causa de pancreatite recorrente. Exemplo de situação clínica capaz de facilitar o aparecimento de microlitíase é:
Compartilhar