Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Juliana, 2 meses e 25 dias de vida, chega ao pronto-atendimento com febre. A mãe relata que há 12 horas vem notando a criança muito “quentinha”. Ela sente-se insegura, Juliana é sua primeira filha e o pai está preso em Bangu I por tráfico e uso de drogas. Juliana nasceu de parto normal, realizado na emergência, pensando 3500g. Não foi amamentada ao seio, usando exclusivamente fórmula láctea. A mãe não realizou pré-natal e perdeu a carteira de imunizações da filha. Exame físico: peso 5.100g, T.ax 38,5°, FC 148bpm, FR 40 irpm. Lactente ativa, sem sinais de irritação meníngea, eupneica, com pequena lesão cicatricial em região deltoide de braço direito. Demais aparelhos e sistemas sem aterações. A causa mais comum de acidentes não fatais nessa faixa etária é:

A
asfixia.
B
queda.
C
queimadura.
D
intoxicação.
No exame físico de um menino de 10 meses com comunicação interatrial, qual o achado esperado e sua explicação?
Um menino de 09 meses é levado pela mãe à consulta mensal. Ele está no percentil 90 para peso e altura. Quanto ao desenvolvimento, já se senta com apoio, mas ainda não engatinha. Durante a consulta, a mãe nega outras alterações e mostra que o bebê bate palminhas. No exame físico percebe-se que uma hérnia umbilical detectada em consultas anteriores persiste. Em relação a este caso, assinale a alternativa que apresenta a conduta CORRETA.
Com relação à torção testicular é CORRETO afirmar:
Sobre a Síndrome de Prader Willi, analise os itens abaixo: I. Doença genética que provoca retardo mental, flacidez, necessidade de comer constantemente, atraso no desenvolvimento motor, obesidade e defeitos no aparelho reprodutor. II. A alteração nos genes dos portadores deve-se à ausência de um segmento no cromossomo 15 herdado da mãe, o que compromete as funções do hipotálamo e desencadeia os sintomas da doença desde o seu nascimento. III. A descoberta precoce da doença permite uma intervenção rápida, que consiste na administração de hormônio do crescimento. Isso ajudará no desenvolvimento da criança e diminuirá a necessidade constante de se alimentar, evitando problemas com a obesidade. Está (ão) INCORRETO (S):
Compartilhar