Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Doenças Respiratórias

Lactente de 18 meses de idade em tratamento de otite média aguda bilateral há 5 dias, retorna à consulta médica por apresentar persistência da febre. Ao exame: apática, com erupções maculopapular no tronco, escleras hiperemiadas e lábios secos com fissuras. As palmas das mãos e as polpas dos dedos estão endurecidas e eritematosas. Hemograma: Hb = 9,5 g/dl, Ht = 31 ml eritrócitos/dl, VCM = 76 fl, HCM = 30 pg, leucócitos = 15.000 (7B/65S/0E/1B/23L/0M), plaquetas = 645.000/mm³ e Velocidade de Hemossedimentação = 65 mm. O diagnóstico mais provável é:

A
reação medicamentosa.
B
doença de Kawasaki.
C
exantema súbito.
D
escarlatina.
E
sarampo.
Sobre atestado médico, pode-se afirmar que:
Paciente internado em caráter de urgência com diagnóstico de aneurisma de aorta abdominal rota, apresenta hipertensão arterial grave (Pressão Arterial = 220 x 140) e taquicardia (Frequência Cardíaca = 136 batimentos por minuto). Faz-se necessário controle clínico mínimo pré-operatório que inclui medidas para controle de pressão arterial e frequência cardíaca, respectivamente:
Lactente de 2 meses dá entrada na emergência pediátrica com parada cardiorrespiratória. Segundo a mãe, após amamentar ao seio materno, a criança adormeceu como de rotina, de bruços. Com relação à síndrome de morte súbita infantil, qual a provável causa de morte do lactente?
Em relação à resposta endócrina no trauma é correto afirmar, que ocorre aumento de todos abaixo, exceto:
Compartilhar